Polícia

Em Costa Rica, traficante é preso em boate

Os investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais) prenderam mais um traficante na tarde de quarta-feira (30), em uma das boates localizadas no bairro Vale do Amanhecer em Costa Rica. De acordo com as informações os policiais existiam denúncias de que Wagner Conceição Bispo de 19 anos, conhecido pelo apelido de “Lagoa” comercializava descaradamente drogas, […]

Arquivo Publicado em 02/12/2011, às 10h42

None

Os investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais) prenderam mais um traficante na tarde de quarta-feira (30), em uma das boates localizadas no bairro Vale do Amanhecer em Costa Rica.


De acordo com as informações os policiais existiam denúncias de que Wagner Conceição Bispo de 19 anos, conhecido pelo apelido de “Lagoa” comercializava descaradamente drogas, já a um bom tempo na cidade. De acordo com o delegado Cleverson Alves dos Santos ele vendia cerca de 30 “paradinhas” de droga por noite, “ele deveria faturar um montante de R$ 600,00 reais por dia”, disse o delegado.


No momento da prisão Lagoa estava de posse de cinco porções de crack e R$ 200,00 na carteira. Em um dos quartos da boate foi detida uma mulher que trabalha na casa de prostituição com uma paradinha de droga. Ela informou aos policiais que havia comprado do acusado por R$ 20,00 uma vez que é usuária de droga.


Na residência de Wagner foi encontrada em um dos quartos uma capa de uma filmadora que apresentava ter resíduos de entorpecente e vários saquinhos. No local ainda foram encontrados diversos objetos suspeitos de ser produto de furto.


A mãe do acusado o acompanhava na delegacia e disse ao Hora da Notícia que desconhecia que seu filho traficava. Chorando ela informou que é mãe de outros quatro filhos, eles vieram do Estado de Alagoas há quatro meses.


Ele está recolhido nas celas da delegacia e será indiciado por tráfico de drogas. Caso seja condenado poderá pegar uma pena que vai de cinco a quinze anos de prisão.


Jornal Midiamax