O tenente coronel da Polícia Militar José Maidana, do 12° Batalhão de , será dispensado amanhã (4) do comando e o tenente coronel Adauto Alves de Macedo passará a exercer a função de confiança de comandante. 
A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (3). A assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que a decisão não tem a ver com as operações Holambra e Fumus Malus, quando policiais militares envolvidos com o contrabando de cigarros foram presos, sendo três deles em Naviraí. 
“A passagem de comando deve acontecer amanhã, conforme decisão anterior a operação. É uma filosofia do Governo esse rodízio de comandantes”, disse a assessoria. 
Durante as operações foram expedidos 60 mandados de busca e apreensão em domicílios e 34 mandados de prisões temporárias e preventivas. Além disso, vários veículos foram apreendidos e contas bancárias foram sequestradas.
Segundo a assessoria da PM, o 12º Batalhão de Polícia Militar atende cerca de 115 mil moradores, em oito municípios, num área de 12.479km². Com um efetivo de aproximadamente 250 policiais militares, o batalhão é composto por duas companhias – Sede e Iguatemi-, três pelotões – Eldorado, Itaquiraí e Mundo Novo – e cinco grupamentos – Japorã, Juti, Porto Morumbi, Sete Quedas e Trânsito.  Ainda realiza o serviço de Guarda no Presídio Federal de Naviraí que tem administração estadual.