Polícia

Turistas estariam sendo tratados com “truculência” policial em Ponta Porã

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda e policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) realizaram uma operação na linha internacional, barrando turistas que fazem compras no Paraguai. As equipes estão abordando todos os que cruzam a linha e exigem notas fiscais dos produtos que estejam carregando. Segundo o site Capitan Bado, a operação […]

Arquivo Publicado em 09/09/2010, às 23h07

None

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda e policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) realizaram uma operação na linha internacional, barrando turistas que fazem compras no Paraguai. As equipes estão abordando todos os que cruzam a linha e exigem notas fiscais dos produtos que estejam carregando.


Segundo o site Capitan Bado, a operação obedece uma exigência de comerciantes brasileiros. As abordagens estão pegando de surpresas os turistas e também assentados que diariamente fazem compras no comércio paraguaio. Do lado paraguaio, o GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Nacional do Paraguai observa a operação.


Mercadorias já teriam sido apreendidas, sob protestos dos turistas. Muitos estão hospedados em hotéis do lado brasileiro, os mesmos reclamam da truculência dos policiais, que sequer pedem documentos pessoais das pessoas, perguntando apenas de possíveis mercadorias que tenham adquirido em território paraguaio.


Nem os táxis escapam da fiscalização do ICMS estadual. Recentemente representantes do comércio brasileiro estiveram reunidos com a equipe econômica do Governo do Estado, mas não informaram o teor da conversa. Desde então permanecem em silêncio sobre o assunto.

Jornal Midiamax