Polícia

Polícia Militar organiza policiamento especial para eleições

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) realiza, no próximo domingo (31), esquema de policiamento especial para garantir a normalidade do 2º turno da eleição para presidente da República. Como na última votação, todo o efetivo estará empenhado para coibir crimes eleitorais, garantir o cumprimento da lei seca e dar segurança aos eleitores […]

Arquivo Publicado em 28/10/2010, às 18h13

None

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) realiza, no próximo domingo (31), esquema de policiamento especial para garantir a normalidade do 2º turno da eleição para presidente da República. Como na última votação, todo o efetivo estará empenhado para coibir crimes eleitorais, garantir o cumprimento da lei seca e dar segurança aos eleitores e trabalhadores durante o pleito.

Quase quatro mil policiais militares estarão distribuídos nos 78 municípios do Estado, em especial nos locais de votação e apuração. Cerca de 100 viaturas também serão empregadas nas atividades de policiamento ostensivo.

A operação começa na véspera da votação quando já fica proibida uma série de atividades de campanha que visem à promoção de qualquer candidato. O trabalho continua no domingo durante o pleito e segue até o fim da apuração, com segurança especial no prédio do TRE a partir das 17 horas.

“A missão da Polícia Militar é garantir a legitimidade e a transparência do pleito eleitoral, assegurando ao regime democrático do Brasil a proteção do bem jurídico mais importante, que é o voto e a possibilidade de o eleitor exercê-lo com tranquilidade e segurança. A PMMS estará mobilizada para dar apoio irrestrito à Justiça Eleitoral, a fim de que a eleição transcorra de forma tranquila, disponibilizando todo seu efetivo na prevenção da ordem pública”, garantiu o comandante-geral da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos.

Jornal Midiamax