Polícia

Polícia de Mundo Novo elucida homicídio ocorrido na véspera do natal

A Polícia Civil de Mundo Novo localizou nesta segunda-feira (27) e prendeu Lair de Oliveira Flaustino, 19, acusado pelo homicídio de Jenoel Antunes da Silva, de 20 anos, desaparecido desde o dia 24 de dezembro. Durante diligências, visando a localização da vítima, os policiais localizaram em uma propriedade rural, no Assentamento Pedro Ramalho, onde conseguiram chegar […]

Arquivo Publicado em 30/12/2010, às 11h28

None

A Polícia Civil de Mundo Novo localizou nesta segunda-feira (27) e prendeu Lair de Oliveira Flaustino, 19, acusado pelo homicídio de Jenoel Antunes da Silva, de 20 anos, desaparecido desde o dia 24 de dezembro.


Durante diligências, visando a localização da vítima, os policiais localizaram em uma propriedade rural, no Assentamento Pedro Ramalho, onde conseguiram chegar ao autor do homicídio, que confessou ter efetuado três disparos de arma de fogo contra a vítima.


De acordo com relatos do autor, ele arrastou o corpo por 30 metros aproximadamente, para jogá-lo em um córrego, conhecido como Rio das Pedras, local onde o corpo foi encontrado posteriormente.


Segundo Lair, a vítima havia furtado a arma do crime na manhã do dia 24 e, na tarde do mesmo dia o autor e a vítima tomavam bebida alcoólica juntos, ocasião em que a vítima efetuou vários disparos com a arma, inclusive em direção aos pés do autor, o qual, temendo ser atingido por algum disparo, pediu a arma emprestada e atirou na vítima, atingindo-a fatalmente.


Uma equipe policial efetuou buscas tentando localizar a arma, mas sem sucesso, uma vez que o autor vendeu a arma por R$ 250,00 no país vizinho (Paraguai), não informando o nome do comprador.


Como não foi preso em flagrante, Lair foi conduzido até a Delegacia de Policia de Mundo Novo, onde prestou esclarecimentos e foi indiciado, nas formas da lei.

Jornal Midiamax