Polícia

Na Capital, Polícia Civil registra 33 furtos por dia

O furto é, disparado, o crime mais praticado em Campo Grande. De janeiro a setembro, 9.029 pessoas registraram casos desse tipo.

Arquivo Publicado em 25/10/2010, às 13h35

None

O furto é, disparado, o crime mais praticado em Campo Grande. De janeiro a setembro, 9.029 pessoas registraram casos desse tipo.

O furto é, disparado, o crime mais praticado em Campo Grande. Dados da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) revelam que de janeiro a setembro, 9.029 pessoas registraram casos de furto, uma média de 33 ocorrências por dia.

Pior que isso: desse volume todo, a Polícia Civil conseguiu prender 82 criminosos, quantia que não alcança nem sequer 1% da soma total de furtos. É o que diz a estatística da Sejusp. (http://www.sejusp.ms.gov.br/).

O furto difere do roubo numa questão: o primeiro é assim qualificado quando não há o emprego da violência; já o segundo, ou é imposta a violência ou a ameaça durante o crime. O furto pode motivar pena que varia de um a quatro anos de prisão.

De acordo com levantamento da Sejusp, no primeiro trimestre deste ano foram registrados 3.066 casos, média de três ocorrências a cada duas horas.

Já no segundo trimestre as ocorrências de furto somaram 3.075 casos e, no terceiro trimestre, foram anotados pela polícia 2.888 casos.

Os números registrados nos três primeiros semestres deste ano cresceram se comparados ao mesmo período do ano passado, quando foram anotados 8.649 furtos, ou 380 casos a menos do que neste ano.

Jornal Midiamax