Polícia

Mineradora é multada em R$ 40 mil pela Polícia Ambiental

Uma empresa mineradora que atua na região de Maria Coelho, distante cerca de 40 quilômetros da área urbana de Corumbá, foi multada em R$ 40 mil pela Polícia Militar Ambiental (PMA), acusada de promover ampliação de área sem a licença ambiental. A irregularidade foi constatada em dois hectares de área próxima ao córrego Piraputanga, durante […]

Arquivo Publicado em 12/09/2010, às 13h23

None

Uma empresa mineradora que atua na região de Maria Coelho, distante cerca de 40 quilômetros da área urbana de Corumbá, foi multada em R$ 40 mil pela Polícia Militar Ambiental (PMA), acusada de promover ampliação de área sem a licença ambiental. A irregularidade foi constatada em dois hectares de área próxima ao córrego Piraputanga, durante vistoria realizada neste sábado, 11 de setembro.


A área que vinha sendo ampliada, segundo o responsável informou à PMA, tinha como objetivo, se tornar estacionamento para veículos pesados da empresa. A ampliação era realizada com remoção de restos de minérios, para terraplenagem da área.


As atividades foram paralisadas, até que os responsáveis promovam a regularização da ação junto aos órgãos ambientais responsáveis pelo licenciamento. A empresa, que não teve nome divulgado, tem 20 dias para apresentar defesa junto ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul). A pena para esse crime é de um a seis meses de reclusão.

Jornal Midiamax