O ex-primeiro-ministro Alexander Stubb foi eleito presidente da Finlândia no domingo, 11. Ele venceu o das eleições presidenciais contra o ex-ministro das Relações Exteriores Pekka Haavisto.

Com mais de 99% dos votos apurados, Stubb obteve 51,6% dos votos contra 48,4% de Haavisto.

Stubb, de centro-direita e com 55 anos, é membro da legenda conservadora Partido da Coligação Nacional. A participação eleitoral foi de 70,7%.

Ele foi primeiro-ministro do país entre 2014 e 2015 e iniciou a sua carreira política como legislador no Parlamento Europeu.

Também atuou como ministro das Relações Exteriores, das Finanças e dos Assuntos Europeus da Finlândia.

A principal tarefa do novo chefe de Estado será dirigir a política externa e de segurança do país nórdico que agora é membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Os desafios incluem a de uma linha dura em relação a Moscou e à atual liderança da Rússia, o reforço dos laços de segurança com e a necessidade de ajudar a Ucrânia, tanto militarmente como a nível civil.

A Finlândia divide uma fronteira de 1.340 km com a Rússia.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, parabenizou Stubb nas redes sociais. “Com a sua liderança, experiência e empenho europeu, a nossa União dispõe de um trunfo novo e forte. Muitos desafios pela frente”, afirmou a líder europeia na rede social X, antigo Twitter. Fonte: Associated Press

Saiba Mais