O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira, 26, que Israel estaria disposto a interromper a guerra contra o Hamas na Faixa de Gaza durante o Ramadã – que começa no dia 10 de março -, se um acordo para libertar reféns fosse fechado.

Negociadores dos Estados Unidos, do Egito e do Qatar estão mediando um acordo sob o qual o Hamas libertaria alguns reféns em troca da soltura de prisioneiros palestinos e da suspensão dos combates durante seis semanas. Durante a pausa temporária, as negociações sobre a libertação dos reféns remanescentes continuaria.

“O Ramadã está próximo e houve um acordo entre os israelenses de que eles não realizarão nenhuma atividade durante o período, para nos dar tempo de retirar todos os reféns”, disse Biden durante a gravação de uma entrevista para a rede NBC. (Fonte: Associated Press).