Um terremoto de magnitude 6,5 abalou grande parte do Paquistão e nesta terça-feira, 21, deixando moradores em pânico, fugindo de casas e escritórios e assustando as pessoas em aldeias remotas. Pelo menos nove pessoas morreram no Paquistão, sendo duas delas crianças, e duas no Afeganistão, disseram as autoridades.

Mais de 200 pessoas foram levadas para hospitais no vale Swat e em outros locais da região noroeste da província de Khyber Pakhtunkhwa, no Paquistão, disse Bilal Faizi, porta-voz dos serviços de emergência do Paquistão.

Entre os mortos está uma menina de 13 anos que morreu quando um muro em sua casa desabou sobre ela no distrito de Swat, no norte do Paquistão.

O tremor foi muito profundo, a 194 km – bem mais profundo, por exemplo, que os tremores que atingiram no mês passado o sul da Turquia e o norte da a 10 quilômetros de profundidade, – e seu epicentro foi na cordilheira Hindu Kush, perto da remota província afegã de Badakhshan, no norte do país.

“Sentimos um forte terremoto, de acordo com informações primárias, o principal local afetado foi o distrito de Yamgan”, disse Mahzudeen Ahmadi, chefe do departamento de informação de Badakhshan, província no norte do Afeganistão.

Na capital da província, Faizabad, Ashraf Nael, de 29 anos, disse que estava em casa quando as janelas começaram a chacoalhar fortemente por cerca de um minuto. “Meus irmãos e irmãs correram todos para fora. Vivemos em uma casa de concreto, mas casas feitas de barro podem ter sido danificadas”, disse Nael.

O tremor foi sentido na capital indiana, Nova Délhi. Em Muzaffarabad, capital da Caxemira controlada pelo Paquistão – local de um terremoto mortal em 2005, no qual mais de 80 mil pessoas foram mortas.

O tremor foi sentido em uma área de 1.000 quilômetros de largura por aproximadamente 285 milhões de pessoas no Paquistão, Índia, Uzbequistão, Tajiquistão, Cazaquistão, Quirguistão, Afeganistão e Turcomenistão.

Grandes partes do sul da Ásia são sismicamente ativas porque uma placa tectônica conhecida como placa indiana está empurrando para o norte sobre a placa eurasiática.

Inicialmente o tremor foi divulgado como sendo de magnitude 6,8, mas depois o valor foi revisado para 6,5, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Em junho do ano passado, um terremoto no leste do Afeganistão deixou mais de 1.500 mortos e um rastro de destruição no país, com a economia já abalada depois de o regime fundamentalista assumir o governo, em 2021. Esse tremor teve magnitude de 6,1, mas foi muito mais próximo da superfície, a apenas 10 km de profundidade. Fonte: Associated Press.

Saiba Mais