O primeiro-ministro de , Benjamin Netanyahu, disse em pronunciamento transmitido pela televisão local que a ofensiva na Faixa de Gaza “é apenas o começo”. A declaração aconteceu no anoitecer desta sexta-feira, 13.

Pouco antes da meia noite de ontem, 12, no horário local, Israel deu ordem para todos os palestinos vivendo na porção norte se retirassem da região e fossem para sul do território para “preservar vidas civis”, sugerindo uma provável invasão da região. Ao menos 1,1 milhão de pessoas moram na área indicada.

No anoitecer desta sexta, enquanto o exército se prepara para uma esperada invasão terrestre da Faixa de Gaza, Netanyahu fez a ameaça de destruir o grupo terrorista Hamas.

Israel tem atacado Gaza com ataques aéreos desde que terroristas do Hamas realizaram um ataque sem precedentes no sábado passado, matando mais de 1.300 pessoas. “Este é apenas o começo”, disse Netanyahu. “Vamos sair desta guerra mais fortes do que nunca.”

“Destruiremos o Hamas”, acrescentou, dizendo que Israel tem amplo apoio internacional para a operação.