e o grupo palestino extremista Hamas concordaram em estender por dois dias a trégua humanitária no conflito em na Faixa de Gaza, como parte de um acordo mediado pelo Catar. O anúncio foi feito pelo porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Catar, Majed Bin Mohammed Al Ansari, em publicação no X (antigo ).

O cessar-fogo temporário começou na última sexta-feira, quando o Hamas libertou dezenas de reféns que mantinham desde outubro, em troca da libertação de prisioneiros palestinos.