Um incêndio atingiu três casas noturnas do sudeste da na madrugada deste domingo (1º) e deixou pelo menos 13 mortos. As casas noturnas ficam na cidade de Múrcia. Quatro pessoas foram encaminhadas ao hospital devido à inalação da fumaça.

Equipes de resgate continuam no local fazendo buscas por pessoas desaparecidas. No local havia muitos familiares, já que ocorriam várias comemorações de aniversário ao mesmo tempo. Os corpos, segundo o Metrópoles, foram encontrados na boate Fonda, que sofreu o maior prejuízo com o fogo, segundo informou o chefe da Polícia Nacional da Espanha, Diego Seral.

O Corpo de divulgaram imagens de dentro da casa noturna em chamas, com os cômodos e telhado destruídos. Continua sendo apurado o que causou o início das chamas, mas segundo Diego, o comprometimento das estruturas dificulta a identificação do foco inicial, assim como a localização das vítimas.

Uma porta-voz da boate Teatre, Maria Dolores Albellan, contou a repórteres que o incêndio teria começado no La Fonda, um dos clubes vizinhos, antes de se espalhar para outro dois.

O prefeito de Múrcia, José Ballesta, declarou três dias de luto pelos feridos na cidade. “Estamos arrasados”, disse o prefeito ao canal de TV espanhol 24h.