União Europeia recomenda candidatura da Ucrânia para fazer parte do bloco

A Comissão Europeia anunciou sua proposta de conferir à Ucrânia o status de candidato
| 17/06/2022
- 14:51
União Europeia recomenda candidatura da Ucrânia para fazer parte do bloco

O braço executivo da (UE) recomendou nesta sexta-feira, 17, a candidatura da Ucrânia para eventual adesão ao bloco, atualmente composto por 27 países. A Comissão Europeia anunciou sua proposta de conferir à Ucrânia o status de candidato após acelerar a análise de respostas a um questionário sobre critérios econômicos.

O governo ucraniano entrou com pedido de adesão à UE menos de uma semana depois de a Rússia invadir o , no fim de fevereiro.

"Os ucranianos estão dispostos a morrer pela perspectiva europeia", afirmou a presidente da Comissão, Ursula von der Leyen. "Queremos que eles vivam conosco, o sonho europeu."

Junto com a Ucrânia, a Comissão também recomendou dar à Moldávia o status de candidato à filiação ao bloco e avaliou o pedido de adesão da Geórgia, mas ressaltou que o país do Cáucaso ainda precisa atender uma série de condições.

Líderes da UE deverão discutir as recomendações durante uma reunião de cúpula na próxima semana em Bruxelas, a capital belga

Embora o endosso da Comissão represente um forte sinal de solidariedade à Ucrânia, a adesão poderá demorar anos, ou até mesmo décadas, para se concretizar.

Veja também

A ação se dá em meio a crescentes tensões com o Ocidente sobre a ação de Moscou na Ucrânia.

Últimas notícias