Cientistas chineses anunciaram que detectaram sinais que podem ser de uma civilização extraterrestre. Os dados foram obtidos pelo maior radiotelescópio do mundo, o ‘Sky Eye’, para detectar sons.

Entretanto, os sinais serão analisados com mais cautela, uma vez que não está descartada possibilidade de interferência humana, com ondas de rádio.

Então, o jornal oficial do Ministério de Ciência e Tecnologia da China, o Science and Technology Daily, informou que uma equipe de cientistas da Universidade de Pequim identificou dois grupos de sinais ‘suspeitos’ em 2020 e um terceiro este ano.

O professor Zhang Tongjie disse que os sinais não indicam necessariamente uma prova de vida fora da Terra, mas afirmou que o gigante telescópio construído para encontrar vários casos de possíveis traços tecnológicos e civilizações extraterrestres encontrou múltiplos e únicos sinais eletromagnéticos de banda estreita, afirmou publicação do portal Socientifica.

Conhecido como ‘Fast’, o equipamento rastreia o céu em busca de certos sinais que poderiam ser produzidos artificialmente e ele consegue escolher os sinais de rádio de banda estreita a partir de outros ruídos de fundo no espaço profundo.

Por fim, os cientistas irão analisar ‘mais a fundo’ a origem dos sinais.