Mundo

Sem resultado oficial, candidato de Evo Morales comemora vitória nas eleições da Bolívia

Mesmo sem o termino da contagem oficial dos votos, o candidato de esquerda, Luis Arce, foi apresentado como vencedor das eleições presidenciais da Bolívia. A informação foi passada pela presidente interina Jeanine Añez, que se baseou em duas pesquisas de boca de urna para sagrar a vitória do candidato do partido de Evo Morales. Conforme […]

Gabriel Neves Publicado em 19/10/2020, às 07h19 - Atualizado às 07h49

O candidato do MAS, Luis Arce (com crachá no pescoço, ao centro), comemorou o resultado da eleição antes mesmo do término da apuração dos votos. (Foto: Luis Arce/Twitter/Reprodução)
O candidato do MAS, Luis Arce (com crachá no pescoço, ao centro), comemorou o resultado da eleição antes mesmo do término da apuração dos votos. (Foto: Luis Arce/Twitter/Reprodução) - O candidato do MAS, Luis Arce (com crachá no pescoço, ao centro), comemorou o resultado da eleição antes mesmo do término da apuração dos votos. (Foto: Luis Arce/Twitter/Reprodução)

Mesmo sem o termino da contagem oficial dos votos, o candidato de esquerda, Luis Arce, foi apresentado como vencedor das eleições presidenciais da Bolívia.

A informação foi passada pela presidente interina Jeanine Añez, que se baseou em duas pesquisas de boca de urna para sagrar a vitória do candidato do partido de Evo Morales.

Conforme publicado no portal G1, até o momento, apenas 16% das urnas oficiais foram apuradas e o resultado oficial das eleições pode demorar para ser divulgado.

Uma das pesquisas, realizada pela organização Tu Voto Cuenta mostra Arce, do partido MAS (Movimiento al Socialismo), com com 53% dos votos, contra 30,8% do ex-presidente Carlos Mesa e 14,1% do líder de extrema direita Luis Fernando Camacho.

Já um segundo levantamento, do instituto Ciesmori, aponta Arce com 52,4%, Mesa com 31,5% e Camacho com 14,1%.

Mesmo sem o resultado oficial, o candidato comemorou a vitória apurada nas pesquisas. “Muito agradecido pelo apoio e pela confiança do povo boliviano. Recuperamos a democracia e retomaremos a estabilidade e a paz social”, publicou.

Jornal Midiamax