Mundo

Novo grande ciberataque atinge petroleira na Rússia e usina de Chernobyl

Ataque atingiu petroleira e usina de Chernobyl

Joaquim Padilha Publicado em 27/06/2017, às 14h10

None

Ataque atingiu petroleira e usina de Chernobyl

Um novo grande ciberataque atingiu a Rússia e a Ucrânia nesta terça-feira (27). Os países anunciaram que hackers invadiram os sistemas de tecnologia da central nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, e da gigante petroleira russa Rosneft.

Segundo o site ucraniano Kromadske, não há risco de desastre nuclear, uma vez que os sistemas internos “estão funcionando normalmente”, porém, o sistema que controla o nível de radiação de Chernobyl “está parcialmente fora de serviço”.

O governo da Rússia informou que os sistemas de informática da administração presidencial estão funcionando “regularmente”, e que apenas entidades sem ligação com a Presidência apresentaram alguns problemas.Novo grande ciberataque atinge petroleira na Rússia e usina de Chernobyl

Outras empresas, como a que administra os voos do aeroporto de Borispil, na Ucrânia, foram afetadas. Já na Rússia, os sistemas da Bashneft, da Mars e da Nivea foram afetados pelo ataque.

A empresa de segurança Group-IB afirmou que o ataque foi causado por um vírus identificado como “Petya”. Trata-se de um vírus diferente do “WannaCry”, que atingiu 150 países e causou perdas de máquinas em todo o mundo em maio.

Jornal Midiamax