Mundo

Namorados, mãe e filho vão à Justiça para manter relacionamento

Eles podem pegar 18 meses de prisão

Norberto Liberator Publicado em 10/08/2016, às 15h04

None
maefilhonovomexico.jpg

Eles podem pegar 18 meses de prisão

Uma mulher de 36 anos entrou na Justiça para poder se casar com seu próprio filho, de 19, no estado norte-americano do Novo México. Monica Mares e Caleb Peterson podem pegar até 18 meses de prisão, caso sejam condenados por incesto em julgamento.

Em entrevista exclusiva ao jornal britânico Daily Mail, o casal afirmou que assume os riscos de estar juntos e decidiu tornar público seu relacionamento. Monica disse ao jornal que tudo começou quando reencontrou o filho, que havia sido deixado para adoção quando ela o deu à luz, aos 16 anos.

Depois de 18 anos, quando ocorreu o reencontro, os dois se beijaram e se entregaram “loucamente ao amor”, segundo ela. “Nós acabamos nos beijando e o beijo levou a outras coisas”, explica Monica ao tabloide inglês.

O casal, que atualmente vive em casas separadas na cidade de Clovis e está proibido de ter contato entre si, começou a relação no final do ano passado. Monica visitou Caleb – que, quando nasceu, se chamava Carlos – na casa onde ele vivia com seu pai adotivo, no Texas.

“No dia em que conheci meu filho pessoalmente, eu estava tão feliz e empolgada que lhe dei um abraço muito forte”, conta. “Comecei a visitá-lo na casa do pai dele, no Texas. Ele me ligou e me chamou para vê-lo, fiquei com borboletas no estômago”.

Jornal Midiamax