Mundo

Local onde Estado Islâmico produzia armas químicas no Iraque é destruído pelos EUA

Ataque foi feito por aviões militares

Ana Paula Chuva Publicado em 13/09/2016, às 20h13

None
estadoislamicogettyimages.jpg

Ataque foi feito por aviões militares

Um local onde o grupo EL (Estado Islâmico) produzia armas químicas, no Iraque, foi bombardeado nesta terça-feira (13) por aviões militares norte-americanos, segundo informações do Pentágono.

De acordo com o site UOL os caças inclusive, do tipo B-52, explodiram ao menos 50 alvos no interior de uma antiga fábrica farmacêutica perto de Mosul. As armas seriam produzidas para atingir civis e eram à base de cloro e de gás de mostarda.
Há pouco mais de duas semanas, a ONU (Organização das Nações Unidas) divulgou um relatório sobre o uso de armas químicas na Síria pelo grupo terrorista e pelo governo de Bashar al-Assad.

De acordo com o documento, o EI usou gás de mostarda em ao menos um ataque no país, no de Marea, localizada perto de Aleppo, do dia 21 de agosto do ano passado. 

Jornal Midiamax