Mundo

Homem com máscara de palhaço e marcas de tortura é encontrado morto no México

Torturadores ainda não foram encontrados

Joaquim Padilha Publicado em 22/10/2016, às 11h47

None
corpopalhaco.jpg

Torturadores ainda não foram encontrados

Na noite da última segunda-feira (17), um homem vestindo uma máscara de palhaço com marcas de tortura por todo o corpo foi encontrado morto na cidade de Monterrey, no México. O caso assustou os moradores locais.

O homem foi encontrado por volta das 22h30 do horário local por policiais que faziam ronda no bairro São Pedro. Segundo informações do site López-Dóriga, o morto tinha uma máscara de cor branca e lábios roxos, e vestia apenas calças e meias.

No peito do rapaz estava escrito uma mensagem com a palavra “cochi” (porco, em espanhol) e um desenho que simulava uma mão mostrando o dedo do meio.

Os policiais que encontraram o mexicano tentaram reanimá-lo prestando primeiros socorros, porém o homem já não tinha sinais de vida. De acordo com o site mexicano Debate, o rapaz apresentava sinais de ter sido golpeado no rosto e de ter sido amarrado pelos joelhos.

Moradores do bairro disseram aos policiais que não ouviram qualquer tipo de movimento de veículos, discussões ou disparos, o que levou as autoridades a crerem que o homem foi encarcerado, torturado e deixado morto no local pelos seus supostos sequestradores.

O corpo do homem foi levado ao serviço médico forense mexicano, enquanto peritos da Procuraduría General de Justicia se encarregam de levantar registros e investigarem o caso. Até o momento, a identidade dos responsáveis pelo crime não foi revelada. 

Jornal Midiamax