Mais de 200 mil pessoas estão em centros de abrigo

Um deslizamento de terra deixou várias pessoas mortas por soterramento em Kegalle, a nordeste de Colombo, capital do Sri Lanka. Equipes de resgate encontraram 16 corpos de vítimas do desastre natural, de acordo com a agência britânica Reuters e o jornal português Diário de Notícias. Cerca de 320 mil pessoas foram atingidas e mais de 200 mil estão em abrigos.

O número de mortos teria aumentado para 35 devido ao avanço do deslizamento, que atingiu duas vilas pequenas na cidade, localizada em uma região montanhosa do país. O Governo do Sri Lanka afirmou que a população da zona de risco será retirada por uma equipe das Forças Armadas do país.

Pradeep Kodippili, representante do Centro para a Gestão de Desastres do Sri Lanka, disse que não se espera um aumento significativo no número de vítimas fatais, em resposta à informação da Cruz Vermelha, de que haveria centenas de desaparecidos. “Além dos mortos em Kegalle, registramos 19 mortes relacionadas com fenômenos meteorológicos”, afirmou. 

(Sob supervisão de Daiane Libero)