O sistema não conseguiu comportar o grande número de acessos

O site oficial da Imigração do Canadá ficou fora do ar por alguns instantes antes do anúncio de que seria o novo presidente dos Estados Unidos e continua apresentando lentidão após a confirmação das urnas.

Segundo a mídia norte-americana, o problema foi causado por excesso de acessos de pessoas contrárias à eleição do republicano. Além disso, as buscas no Google pelo termo “imigração” aumentaram conforme os resultados foram saindo durante a noite desta terça-feira e a madrugada desta quarta-feira.

O perfil do Twitter Emojipedia, que monitora o uso de emojis nas rede sociais, apontou que a bandeira do Canadá estava entre os símbolos mais usados pelos internautas nas redes sociais. Entre os símbolos gráficos mais utilizados, também apareceram as carinhas chorosa, com nâuseas e gritando de medo.

Durante a festa da vitória, em Nova York, Trump pediu que a nação se una e prometeu “representar cada cidadão de nossa terra”. Ele afirmou, ainda, que será presidente “para todos os americanos” e destacou que “é tempo para a América curar as feridas da divisão” e “tempo para que fiquemos juntos como um”.

Trump enfatizou que sua administração será um momento de “crescimento nacional e renovação”. “A América não se contentará mais com nada menos que o melhor”.

Durante a campanha, Trump aumentou o tom contra a imigração ilegal – especialmente contra os mexicanos – e ameaçou construir um muro com o dinheiro do país vizinho na fronteira entre as duas nações. Além disso, disse que iria proibir que muçulmanos entrassem no país – e só abriria uma exceção para o prefeito de Londres, Sadiq Khan.