Mundo

Mais de 4 milhões de sírios deixaram país pela guerra

Relatório da ONU aponta que número é o maior 'em uma geração'

Gerciane Alves Publicado em 09/07/2015, às 18h57

None
sirios.jpg

Relatório da ONU aponta que número é o maior ‘em uma geração’

O número de refugiados em fuga do conflito na Síria e que buscam asilo em países vizinhos ultrapassou a marca de quatro milhões de pessoas, informou nesta quinta-feira (09) o Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados).

Segundo o relatório, no ritmo atual, esses números devem aumentar em mais 300 mil pessoas até o fim de 2015. “Essa é a maior população de refugiados provenientes de um único conflito em uma geração. Uma população que tem necessidade do apoio do resto do mundo, mas que, ao invés disso, vive em condições terríveis e de profunda pobreza”, destacou o comissário para refugiados, Antonio Guterres.

Quase a metade das pessoas que fugiram do conflito buscou abrigo na Turquia, país que hospeda 1,8 milhões de refugiados. Cerca de 249 mil estão no Iraque, mais de 630 mil na Jordânia, 132 mil no Egito, quase 1,2 milhão no Líbano e cerca de 25 mil em outros países africanos. No número, não estão incluídos os mais de 270 mil pedidos de asilo apresentados por sírios às nações europeias nem a quantidade de pessoas que mudaram de estado, dentro da própria Síria, em busca de segurança.

Jornal Midiamax