Ato terrorista com planejamento “bastante avançado” aconteceria no domingo, Dia das Mães

A justiça australiana decretou nesta segunda-feira a prisão preventiva de um jovem detido na sexta-feira e acusado de planejar um atentado com bomba que, segundo os investigadores, estava “bastante avançado”.

A polícia encontrou três artefatos explosivos na casa do adolescente de 17 anos na região de Melbourne. Ele foi acusado de preparar “atos terroristas”.

A próxima audiência foi marcada para 26 de maio.

Os policiais afirmaram que o projeto de atentado estava “bastante avançado”, mas não revelaram o local ou o dia do ataque. Segundo a imprensa, a ação aconteceria no domingo, Dia das Mães.

A Austrália elevou em setembro o nível de alerta antiterrorista, depois que pelo menos 110 cidadãos do país viajaram para o Iraque e a Síria para combater ao lado do grupo jihadista Estado Islâmico (EI). Desde então, mais de 30 retornaram ao país.