Mundo

Chuva intensa deixa centenas de desalojados na Argentina

Houve transbordamento de rios nas cidades de Tigre, Luján, San Antonio de Areco e Pilar

Clayton Neves Publicado em 07/08/2015, às 14h44

None
argentina-info.jpg

Houve transbordamento de rios nas cidades de Tigre, Luján, San Antonio de Areco e Pilar

Centenas de pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas em várias localidades da província de Buenos Aires por causa das inundações provocadas por um intenso temporal, que também interrompeu o tráfego em algumas estradas, informaram nesta sexta-feira à Agência efe fontes municipais.

Os problemas mais graves foram consequência do transbordamento dos rios nas cidades de Tigre, Luján, San Antonio de Areco e Pilar, um dos municípios mais afetados, onde 839 pessoas ficaram desalojadas.

“Estamos trabalhando muito forte para superar os transtornos ocasionados pelo temporal”, apontou hoje o chefe de Gabinete do governo argentino, Aníbal Fernández.

A rota nacional 8, que liga a província de Buenos Aires com a província de San Luis, no oeste da Argentina, foi interrompida em um trecho de 15 quilômetros, assim como na rota 9, que vai até a fronteira com a Bolívia, na altura do município de Campana.

Equipes do Ministério do Planejamento argentino trabalham nas regiões mais afetadas para “avaliar danos em rotas e caminhos, e verificar o funcionamento do sistema elétrico”, indicou em comunicado.

Os serviços meteorológicas preveem que as chuvas intensas que afetam parte da Argentina desde quarta-feira continuarão até a próxima terça-feira. Já no noroeste e no oeste do país várias províncias estão em alerta pelos fortes ventos.

Jornal Midiamax