O ataque, que começou na quarta-feira (13) à noite, durou várias horas, no centro da capital afegã

Pelo menos nove pessoas, incluindo dois indianos e um norte-americano, morreram em um ataque a uma em Cabul, reivindicado pelos talibãs. O ataque, que começou na quarta-feira (13) à noite, durou várias horas, no centro da capital afegã.

“Morreram nove pessoas, incluindo estrangeiros, afegãos e um agressor, e outras seis pessoas ficaram feridas, entre elas, policiais e guardas da pensão”, disse o chefe do departamento de Emergência do Ministério do Interior, Homayoon Aini.

As autoridades não revelaram as nacionalidades dos estrangeiros, mas a embaixada dos Estados Unidos em Cabul confirmou que um era norte-americano e o embaixador da Índia escreveu no Twitter que se registraram “algumas vítimas indianas”. A imprensa indiana divulgou hoje que entre os mortos há, pelo menos, dois indianos.

O ataque foi reivindicado pelos talibãs que publicaram um comunicado em que disseram que se tratou de uma missão suicida. “O ataque foi planejado cuidadosamente para atingir a festa onde pessoas importantes e norte-americanos iam comparecer”, disseram os militantes.

Saiba Mais