Quem viveu os anos 2000 provavelmente vai se lembrar da indígena Tainá, que alegrou as tardes da criançada na série de filmes ‘Tainá – Uma Aventura na Amazônia’. Eunice Baía, que deu vida à personagem, hoje tem 33 anos e já é mãe de Aruã, Antonio e Ayara (ainda na barriga). Nesta segunda-feira (15), a atriz publicou um vídeo e fez um desabafo sobre lidar com a maternidade solo.

Já no terceiro trimestre da gravidez, Eunice compartilhou estar lindando com a solidão e sobrecarga. A atriz também é mãe de Aruã, de 2 anos, e de Antonio, 11 anos.

“Só quem vive a solidão do terceiro trimestre de uma gravidez sabe da dor que se sente. São dias com dores, cansada, tendo que pensar, e cuidar e comprar, tudo que uma bebê precisará, tendo que cuidar de um pré adolescente e de um bebê de 2 anos, trabalhar, levar na escola, arrumar casa, cozinhar, médico, médico das crianças, viroses, mais dores, noites sem dormir, ansiedade a mil…e por aí vai tudo de novo mais uma vez”, relatou.

Eunice ressaltou que não foi escolha própria passar pela maternidade sozinha, mas não teve escolha. Embora tenha confiado no amor, cansou de viver com promessas vazias.

“Eu não escolhi fazer tudo isso sozinha, na verdade eu não tive escolha. Vivi com muitas promessas. Promessas não levam a nada, mas um dia acaba, acaba a confiança, o amor, a credibilidade de acreditar no outro. É um processo muito doloroso. Hoje, aqui na minha casa, com meus filhos, acredito que Deus fez a escolha certa por mim. E só tenho que agradecer”, concluiu.