Atriz popular nos anos dourados do na Itália que carregou o título de “mulher mais bela do mundo”, a italiana Gina Lollobrigida morreu aos 95 anos, nesta segunda-feira (16), em Roma. A notícia foi confirmada pelo ministério da Cultura daquele país.

Gina fez sucesso em após a Segunda Mundial e contracenou com as maiores estrelas do cinema da década de 50. “Adeus a uma diva do cinema, protagonista de mais de meio século de história do cinema italiano. Seu charme é eterno. Tchau Lollo”, tuitou o ministro da Cultura, Gennaro Sangiuliano.

Entre seus filmes mais conhecidos estão “O Corcunda de Notre Dame” e “Quando setembro vier”. Por ter se tornado a musa de vários diretores de cinema, ela entrou na categoria dos símbolos sexuais.

Lollobrigida havia sofrido uma queda e quebrou o fêmur em setembro do ano passado, quando foi operada.

Ascensão

Nascida em 4 de julho de 1927 na cidadezinha de Subiaco, na região de Roma, em uma família pobre, ela participou de diversos concursos de beleza que permitiram que fosse notada e cotada para a carreira de atriz.

Ela trabalhou até 1962, nos Estados Unidos, e depois voltou para a Itália, onde passou a aparecer mais raramente em filmes e em programas de televisão. Em seus últimos anos, dedicou-se à fotografia e à escultura.

Com informações do UOL