‘Homem com H’ chega aos cinemas em 2025, contando a história de um dos maiores nomes da MPB, Ney Matogrosso, protagonizado por Jesuíta Barbosa. O ator participou da CCXP nesta quinta-feira (30) e contou mais sobre o processo de preparação para viver o cantor nas telonas.

“Cresci escutando Ney e, em uma série que fiz – Onde Nascem os Fortes – tinha uma dele – Mal Necessário – que queria trabalhar lá [e não deu]. Mas tenho um com ele. A gente se encontrou uma vez no elevador, só a gente. Olhei pro lado e pensei: ‘O que faço?’ Daí pedi uma selfie e tenho ela até hoje”, contou aos risos.

O filme vai narrar a história do cantor, mostrando diferentes vertentes, como: vida pessoal, musical e teatral.

Jesuíta, que já fez um personagem inspirado na de David Bowie no teatro, fez uma ligação entre Ney e o artista britânico. “Eles têm muito a ver. São dois artistas versáteis e que se movem assim. Tem algo dispare, quase não humano, meio animal, meio extraterrestre”, conta.

Sobre ter sido selecionado para interpretar Ney no loga, Jesuíta brincou: “Acho que eles escolheram certo”, falou ao público, rindo. “Fiz aulas de canto para aprender como ele faz, a rouquidão da voz, mas o diretor queria que fosse a nossa mesmo”, adianta.

Jesuíta revelou também que o artista homenageado na obra participa de toda a construção da obra. “O Ney está dentro da história. Ele participa de toda a parte criativa”, concluiu.