Na noite da última quinta-feira (12), a seleção brasileira entrou em campo contra a e a partida findou com empate, 1 X 1. No entanto, a maior repercussão nem foi o resultado, mas sim, a reação de após ser atingido por um torcedor com um saco de pipoca no fim do jogo.

Indignado com a situação, o craque não escondeu sua fúria e acabou xingando o rapaz. Depois, em uma entrevista coletiva, Neymar se pronunciou sobre o caso. “É triste, obviamente é muito triste, não venho aqui de férias, muito menos para passear, vim fazer o que eu mais amo, que é jogar futebol e defender meu país”, disse ele.

Em seguida, o jogador falou sobre seu momento de revolta ao ser atingido. “Obviamente, a gente está ali fazendo nosso melhor, dando nosso melhor, e muitas vezes o resultado não vem, não é o que o torcedor espera. Esse torcedor arremessou… Eu nem vi o que foi, só vi na hora que pegou em mim, fiquei bem nervoso”, continuou.

E seguiu se explicando: “Mas esse tipo de atitude eu condeno, não tem que fazer, é muito ruim para o futebol, para o ser humano. Um cara que faz esse tipo de coisa não é um cara educado, não vai conseguir educar seu filho da melhor maneira possível. Se ele reclama tanto, deveria ter treinado melhor e estar dentro de campo, não eu”, concluiu Neymar.

Em outro momento da entrevista, o atacante falou sobre o resultado do jogo e se posicionou sobre a atuação da seleção na disputa. “É difícil falar agora, mas vou analisar esse jogo. Não acho que a gente jogou mal, tentamos, buscamos, tentamos criar oportunidades, conseguimos algumas, o goleiro deles foi bem hoje”, iniciou.

“Infelizmente, eles acharam uma bola e acharam o empate. Esses detalhes e esses erros a gente tem que buscar consertar para não ser surpreendido como foi hoje”, concluiu o jogador.

Veja o momento em que o torcedor atinge Neymar: