Mais uma polêmica envolvendo o cantor Justin Timberlake foi revelada na nova biografia de . Com a previsão de lançamento para o dia 24 de outubro, o livro ‘A Mulher em Mim’ traz à tona detalhes da conturbada relação entre os dois. Após revelar um aborto, a publicação também revelou uma traição.

Conforme o portal TMZ, que teve acesso a alguns trechos do livro, Justin teria traído Britney com “outra celebridade”. Lembrando que os dois engataram em um em 1999, mas em 2002 informaram o término. A decisão de não revelar o nome da famosa partiu da própria Britney, já que atualmente a mulher é casada, tem uma família e não queria que a revelação fosse um motivo de constrangimento.

A nova afirmação exposta pela cantora em seu livro desmente especulações feitas na época, que afirmavam que ela havia traído Justin. No entanto, o portal aponta que, apesar de ela ter sido traída, Britney assumiu a maior parte da culpa após o fim do seu relacionamento com ex-vocalista da banda ‘N Sync’.

Aborto

Trecho do livro de Britney Spears chocou os fãs na última terça-feira (17). É que a cantora revelou que durante o seu namoro com Justin Timberlake, ela engravidou, mas abortou. “Mas Justin definitivamente não estava feliz com a gravidez. Ele disse que não estávamos prontos para ter um bebê em nossas vidas, que éramos muito jovens”, declarou ela.

Logo que a notícia sobre o aborto veio à tona, muitas fãs começaram associar esta nova revelação com a ‘Everytime’, lançada em 2003, após o término entre os cantores completar 1 ano. Na música, a cantora diz que “posso ter feito chover. Por favor, me perdoe. Minha fraqueza lhe causou dor. E essa música é minha desculpa”. Foi então que muitas pessoas começaram a especular que a canção não tinha sido feita sobre o término, mas sim sobre o aborto.

Hoje, Britney é mãe de dois meninos, frutos do seu relacionamento com Kevin Federline: Sean Preston, de 18 anos, e Jayden James, de 17.