'Não posso ser responsabilizado', diz primeiro jornalista que expôs Klara Castanho ao chorar ao vivo

"Eu apaguei", garantiu Matheus Baldi sobre as acusações de expor a atriz Klara Castanho
| 28/06/2022
- 07:35
klara castanho
Matheus Baldi e Klara Castanho - (Fotos: SBT/Reprodução)

Primeiro a divulgar a da atriz Klara Castanho, o Matheus Baldi, que faz parte da equipe do Fofocalizando (SBT), se pronunciou sobre a polêmica durante o programa ao vivo nesta segunda-feira (27).

Em maio, o comunicador revelou em primeira mão que Klara havia dado à luz. Nesta segunda, Chris Flores frisou que o programa não possui envolvimento no caso, diferente de Matheus.

Ao dar sua versão dos fatos, o jornalista afirmou que não tinha conhecimento do estupro quando soltou a notícia e apagou a informação logo após ser acionado pela assessoria da atriz.

"Eu fui pra minha rede social e dei essa informação: leu o post em seguida depois dessa publicação, meu telefone tocou, ela pediu pra eu apagar o post. Ela disse que não era tão simples quanto parece, ela terminou a ligação e disse que não se tratava de uma gravidez comum, ela foi vítima de um estupro e pediu para apagar", disse Matheus Baldi no programa.

O jornalista completou dizendo que não pode ser responsabilizado. "A própria Klara falou comigo na ligação e pediu pra eu não falar sobre aquilo. Eu apaguei e aquilo me atormentou. A Klara me mandou uma mensagem agradecendo. Naquele momento, deixou de ser uma notícia, passou a ser um crime. Eu apaguei, nunca mais toquei nessa história, não posso ser responsabilizado. Ali, essa história tinha acabado", completou Matheus, que chegou a chorar ao vivo.

Assista a um trecho da declaração:

Veja também

Atriz usou o termo "ovelha negra" e acabou recebendo uma patada do apresentador

Últimas notícias