Preso em flagrante há uma semana por armazenar pornografia infantil e suspeita de pedofilia, o ator José Dumont, de 72 anos, contratou o escritório do advogado Arthur Lavigne, um dos mais caros e renomados do Brasil. As informações são do portal Notícias da TV.

Arthur atuou como advogado de acusação e ajudou a promotoria no caso Daniella Perez, filha da autora de novelas Glória Perez, assassinada em 1992. Dumont agora tenta se livrar da prisão e recorreu ao importante escritório de Lavigne.

Quanto ao caso Daniella Perez, esse advogado foi contatado pela autora da Rede Globo para ajudar na condenação dos assassinos de sua filha. Curiosamente, o caso voltou à tona em julho, após o lançamento da série documental Pacto Brutal-Assassinato de Daniella Perez, disponível na HBO Max.

De acordo com o Notícias da TV, no caso de José Dumont, Arthur Lavigne não cuida diretamente dos casos, mas participa de um corpo de advogados do seu escritório.

Ainda conforme o Notícias da TV, José Dumont já teve um habeas corpus negado pela justiça. A defesa pede revogação da prisão provisória ou que ele possa responder em liberdade se pagar uma fiança de R$ 40 mil.

Lavigne é muito respeitado pela escritora. Por sua fundamental contribuição no julgamento de Daniella, Glória até citou o profissional em uma cena da novela “A Força do Querer” de 2017 (TV Globo).

O Notícias da TV procurou a defesa de José Dumont na última quinta (22), mas os advogados não quiseram se pronunciar. Por enquanto, a defesa de José Dumont e a Arthur Lavigne Advogados Associados têm optado por falar apenas nos autos do processo, afirma o site.