Daniel Auster morre de overdose após ser acusado de matar filha

O filho do escritor Paul Auster estava sendo investigado pelo falecimento de Ruby, sua filha de dez meses de idade
| 28/04/2022
- 18:00
Daniel Auster morre de overdose após ser acusado de matar filha
(Foto: Reprodução)

Daniel Auster foi encontrado morto na última terça-feira (27). De acordo com o New York Post, a causa da morte foi overdose. Os agentes de justiça acreditam que o homem de 44 anos não teve a intenção de se matar, uma vez que as drogas encontradas em seu corpo eram de uso constantes por Auster.

O do escritor Paul Auster estava sendo investigado pelo falecimento de Ruby, sua filha de dez meses de idade, que foi encontrada desacordada e inconsciente. De acordo com a autópsia, fentanil e heroína foram encontrados no corpo da bebê. Não há novas informações de como a criança ingeriu as substâncias.

Por conta da morte de Ruby, em 1º de novembro do ano passado, Daniel foi em 15 de abril. O homem também já havia sido fichado por roubar US$ 3 mil de Andrew Melendez. O traficante foi assassinado e teve o seu corpo despejado no rio Hudson, em Nova York.

Pessoas próximas a Daniel Auster afirmaram que ele usava heroína desde a adolescência.

Veja também

O bebê foi levado para adoção, pois atriz teria descoberto gestação já na fase final

Últimas notícias