MidiaMAIS / Famosos

Shakira, Elton Jhon e mais: artistas que tiveram paraísos fiscais expostos pela Pandora Papers

Investigação internacional é conduzida pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos

Redação Publicado em 05/10/2021, às 12h27

Principais estrelas mencionadas no Pandora Papers
Principais estrelas mencionadas no Pandora Papers

A cantora colombiana Shakira fez, o músico Elton John e o cantor Julio Iglesias foram as principais celebridades que tiveram paraísos fiscais descobertos pelo Pandora Papers - 11,9 milhões de documentos que vazaram e foram publicados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos a partir de 3 de outubro de 2021.

Todos os artistas mencionados acima criaram offshores em lugares como as Ilhas Virgens Britânicas, onde os impostos são baixos ou inexistentes e seus negócios e identidades ficam distantes do público. A investigação internacional é conduzida pelo ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, na sigla em inglês).

Offshore é o nome comum dado às empresas e contas bancárias abertas em territórios onde há menor tributação para fins lícitos. Essas empresas offshore também são chamadas de sociedade extraterritorial ou empresa extraterritorial.

Confira abaixo algumas das informações vazados pelo Pandora Papers sobre cada artista:

Shakira

Em 2018, a estrela do pop foi investigada na Espanha por evasão fiscal ao usar offshores para administrar seus negócios. Três anos depois, em julho de 2021, a Justiça espanhola decidiu que havia evidências suficientes para provar que a cantora colombiana deixou de pagar US$ 16,4 milhões em impostos de 2012 a 2014. Na época, a agência de relações públicas da artista declarou que ela pagou a dívida assim que soube.

Os Pandora Papers identificaram formulários de 3 offshores em nome de Shakira em 2019, enquanto as investigações eram conduzidas. Representantes da cantora declararam ao La Sexta, parceiro do ICIJ, que as empresas foram criadas antes de a artista morar na Espanha e que os formulários eram parte do processo de transferência das sociedades para um escritório de advocacia a ser dissolvido.

Disseram também que essas empresas não têm receitas nem exercem alguma atividade. Ao El País, também parceiro do ICIJ, os representantes de Shakira afirmaram que ela usa offshores porque a maior parte de sua renda vem de fora da Espanha e que as autoridades fiscais espanholas têm conhecimento de todas as empresas.

Elton Jhon

Com uma fortuna avaliada em US$ 530 milhões, Elton John é dono de mais de 12 empresas registradas nas Ilhas Virgens Britânicas. Os nomes de algumas delas remetem a trabalhos do cantor, como WAB Lion King Ltd. e HST Billy Elliot Ltd. - Elton compôs trabalhos para as duas produções.

O artista britânico criou empresas em pares, com uma voltada para administrar o dinheiro adquirido no Reino Unido, todas têm David Furnish, marido de Elton John, como único diretor, e outra voltada para a renda obtida em outros países.

Representantes do cantor disseram ao ICIJ que as offshores pagam impostos no Reino Unido e que ele não as utiliza para reduzir ou evitar o pagamento de taxas.

Julio Iglesias

O cantor e compositor espanhol é dono de mais de 20 empresas nas Ilhas Virgens Britânicas. Oito delas compraram empreendimentos imobiliários na região de Miami, nos EUA. Duas outras companhias ligadas a Julio Iglesias, mas não listadas no Pandora Papers, também são donas de imóveis no Estado norte-americano da Flórida.

As empresas de Iglesias, cuja fortuna é estimada em US$ 936 milhões, possuem 5 lotes em Indian Creek, uma ilha exclusiva na Flórida conhecida como “bunker dos bilionários” e que conta com polícia e patrulha marinha armada próprias. As offshores do cantor venderam 2 lotes em 2020.

O jornal New York Post afirma que Jared Kushner e Ivanka Trump compraram um dos lotes por US$ 32 milhões. O casal foi procurado, mas não respondeu. Iglesias não respondeu aos pedidos de manifestação do ICIJ.

(Com informações do Pandora Papers e do Poder 360)

Jornal Midiamax