MidiaMAIS / Famosos

Roberta Miranda é condenada a pagar 10 mil para segurança de Gusttavo Lima por 'palavras humilhantes'

"Preferi me retirar a dar um tapa na sua cara", disse a cantora em vídeo

João Ramos Publicado em 21/05/2021, às 10h35

Cantora terá que indenizar o funcionário do sertanejo
Cantora terá que indenizar o funcionário do sertanejo - (Reprodução)

Roberta Miranda foi condenada por danos morais e terá que indenizar um segurança de Gusttavo Lima por ofensas proferidas em publicação no Instagram feita em outubro de 2019.

Na sentença, o juiz entendeu que "houve ofensa à honra objetiva do reclamante, com alcance de milhares de pessoas, já que foram utilizadas palavras humilhantes". A cantora deve pagar o valor de R$ 10 mil a Paulo Sérgio de Matos.

"É inegável o erro de conduta da reclamada e a atitude ilícita, já que violou a integridade moral do reclamante, ultrapassando a seara do mero dissabor ou aborrecimento, não se vislumbrando em culpa concorrente, já que a parte reclamada não conseguiu comprovar a ofensa e agressividade perpetradas pelo reclamante", declarou o juiz Eduardo Walmory.

O desentendimento de Roberta com Paulo Sérgio aconteceu em outubro de 2019. Na ocasião, segundo relato publicado pela cantora na rede social, ela teria sido barrada de forma grosseira por "Paulão", segurança de Gusttavo Lima, quando tentou entrar no camarim do sertanejo.

"Candidato a levar chifre das mulheres", disse ela

Indignada com a atitude, Roberta Miranda soltou o verbo na época e não poupou ofensas ao profissional. Agora, terá que pagar em espécie por isso. Na legenda do vídeo, ela escreveu:

"Jamais passei perto de uma falta de respeito como passei com este tal de Paulão, segurança do Gusttavo Lima. Você, cara, é asqueroso!! Preferi me retirar a dar um tapa na sua cara, Paulão. Gusttavo Lima, que Deus te proteja, meu querido. E vai aqui uma dica de quem quase perde a saúde física e mental de tanto trabalhar. Saúde o bem mais precioso, conte comigo". 

Em sua gravação, ela disse que estava com ânsia de vômito por causa do segurança, disse que ele era um "forte candidato a levar chifre das mulheres" e outras coisas mais. Assista:

Tanto Roberta quanto Gusttavo Lima não se pronunciaram sobre a decisão.

Jornal Midiamax