MidiaMAIS / Famosos

Ministério Público entra nas investigações sobre a queda do avião de Marília Mendonça

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos também apura o caso

João Ramos Publicado em 17/11/2021, às 08h14

Aeronave caiu no dia 5 de novembro e ninguém resistiu
Aeronave caiu no dia 5 de novembro e ninguém resistiu - (Foto: REUTERS, Direitos reservados)

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento administrativo para acompanhar as investigações sobre o acidente aéreo que matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas.

O objetivo é compreender as circunstâncias da tragédia visando a segurança do tráfego aéreo. A queda da aeronave, ainda sem maiores explicações, se deu na tarde do dia 5 de novembro, quando a equipe da cantora chegava à Caratinga, em Minas Gerais, para mais um show na recente retomada após a pandemia.

O que se sabe até agora é que a aeronave colidiu com uma linha de transmissão antes de cair em uma cachoeira no município mineiro. O cabo de energia foi encontrado enrolado na hélice do bimotor.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) também apura o caso.

Jornal Midiamax