MidiaMAIS / Famosos

Filho de Eliza Samúdio quer conhecer o pai e se sente culpado pela morte da mãe

Hoje com 11 anos, Bruninho Samúdio chegou a 'socar o colchão com força' e quer 'olhar nos olhos' do pai

João Ramos Publicado em 11/06/2021, às 09h36

Menino vai esperar ficar da altura de Bruno para encontrá-lo
Menino vai esperar ficar da altura de Bruno para encontrá-lo - (Reprodução)

A suposta data em que Eliza Samúdio foi morta completou 11 anos nesta quinta-feira, 10 de junho. Relembrando o caso, a mãe de Eliza, Sônia Moura, revelou que o filho da modelo, Bruninho Samúdio, quer conhecer o pai.

O goleiro Bruno foi condenado pela morte de Eliza em um crime que chocou o Brasil, mas está fora da cadeia desde julho de 2019. Em entrevista ao Jornal Extra, Sônia deu detalhes da reação de Bruninho ao lidar com a ausência da figura materna.

Olhar nos olhos

“Dia desses, ele me questionou sobre a morte da mãe porque se sente culpado pelo crime. Nunca tinha visto ele se revoltar ou ficar tão abalado. Vi meu neto socar o colchão dele com força... Disse que ele não é culpado de nada. O único culpado nessa história é o pai”, contou a avó.

Segundo ela, só agora Bruninho quis conhecer o goleiro responsável por tirar a vida de sua mãe. “Pela primeira vez ele manifestou a vontade de conhecer Bruno. Mas diz que esse dia só vai chegar quando puder estar na mesma altura que ele, para olhá-lo nos olhos”, disse ela.

Pensão e queima de arquivo

Sônia também revelou que o menino recebe pensão do pai, que recentemente foi contratado como reforço do time Araguacema Futebol Clube, mesmo após a condenação pelo crime.

A mãe de Eliza tem sua opinião sobre as razões do assassinato.. “Minha filha engravidou depois de quatro meses de convivência e ela sabia muitas coisas do Bruno. Eliza sabia demais e foi morta por queima de arquivo”, afirmou.

Jornal Midiamax