MidiaMAIS / Comportamento

Hábitos e tendências de namoro no Brasil

Produção Publicado em 26/05/2021, às 16h24

None
Fonte: Foto por Josue Michel em unsplash.com

Os avanços tecnológicos mudaram as relações entre os seres humanos, reduziram distâncias, ampliaram rede de contatos e, consequentemente, deram uma opção extra às pessoas para encontrar o seu par amoroso. A internet deu uma nova oportunidade para aqueles que procuram a sua cara metade e incluiu também os mais tímidos, porque começa com a abordagem online até finalmente acontecer o encontro ao vivo. Esta revolução digital também permitiu o surgimento de plataformas que comparam os sites de relacionamento existentes para facilitar a pesquisa das melhores opções para cada caso. A internet trouxe um mundo de possibilidades e mudou os hábitos de namoro e trouxe uma nova tendência: o namoro virtual.

Namoro e plataformas no Brasil

Muitas são as pessoas que procuram o amor das suas vidas. É ainda um amor romantizado por várias histórias bem-sucedidas em diferentes plataformas pelo mundo inteiro. O avanço tecnológico trouxe maiores oportunidade de conhecer a cara metade. São muitos websites que trazem várias opções de acordo com o gosto de cada pessoa. E são muitas as plataformas que trazem a promessa de ter os melhores sites de relacionamento online

É importante realizar uma pesquisa sensata para descobrir o melhor site para cada pessoa e a sua meta final.  De acordo com o site Apps Tuts, os aplicativos estão a conquistar o Brasil e as plataformas mais populares entre os brasileiros(as) são: Tinder, Badoo, C-Date, Happn, POF, Par perfeito, a outra metade e be2, Grindr e AstroMatch. Claro que o Tinder se consagrou como o líder dos aplicativos. É impossível não citá-lo nesta lista com sites de relacionamentos mais usados no Brasil sem mencionar. Através do bom design e uso simples, muitas gerações entraram na onda do Tinder.

Namoro e diferentes gerações

O namoro antigo, do piscar o olho, mandar cartinhas e pedir para aquela amiga ou amigo apresenta-los, foi aprimorado para o ambiente virtual. Tudo isto ainda acontece, mas de forma virtual. A nova geração já está acostumada com todos os recursos online. E as gerações mais antigas?

Ainda há certa precaução dos mais antigos no ambiente de namoro online, mas aos poucos eles estão a ser conquistados. A pandemia mudou muitos comportamentos e não somente no mundo físico, mas também no online. O confinamento e isolamento social, a redução das interações físicas, aumentaram o desejo das pessoas se relacionarem. Com isso, o namoro online ganhou força em 2020. E não só nas gerações mais novas, mas também ganhou adeptos nas gerações mais antigas. A geração conhecida como "Baby Boomers" (1946-1964), ou também a geração da televisão porque foi durante esse período que houve o surgimento das televisões, é uma geração que cresceu sem a inovação da internet e que está se adaptando a está nova realidade. Apesar de terem aprendido sobre as redes sociais e o uso da tecnologia, ainda assim, suas preferências estão em tecnologias já conhecidas por eles.  

Já a geração X (1965-1980), acompanhou o Boom dos computadores, da internet e do smartphone. Apesar de nascerem na época dos computadores, estas tecnologias chegaram com maior intensidade na geração posterior, chamada de Geração Y ou Millenials. 

A geração dos Millennials é marcada pela grande transformação tecnológica e digital de forma exponencial, e acompanhou o “boom” do desenvolvimento dos computadores, da internet, dos smartphones, videogames e dos benefícios trazidos por eles. Já a geração Z (1997-2010) está imersa na tecnologia. Nasceu e cresceu com a abundância de tecnologia a sua volta. Estas últimas gerações são as mais suscetíveis ao namoro online. E a abordagem é mais natural. A geração X está a aderir a ideia dos sites de namoro, o que ainda é preferência e no Brasil não é diferente. 

Tendências 

As tendências são de um aumento da adesão ao namoro online, sobretudo pós crise pandêmica. O covid-19 trouxe um aumento no uso dos aplicativos de namoro. Com as atividades sociais ainda restritas pelo covid-19, as apps de encontros estão crescendo de forma expressiva e adicionaram ferramentas para ajudar os usuários a encontrarem boas ligações online. Esta tendência deve continuar e já se começaram a ver os resultados até mesmo no tempo da conversa pela app até o encontro. Estes pequenos detalhes estão tendo mais valor do que antes.

Jornal Midiamax