MidiaMAIS / Comportamento

Livro de Felipe Neto traz atividade com conotação sexual e revolta pais

O livro autobiográfico de Felipe Neto, lançado pela Editora Coquetel e intitulado “Felipe Neto: A trajetória de um dos maiores youtubers do Brasil”, vem trazendo dor de cabeça aos pais dos pequenos desde que foi lançado, em 2017. Uma das atividades, “casa, mata ou trepa”, causou polêmica por trazer vocabulário de conotação sexual em um […]

Carlos Yukio Publicado em 30/07/2018, às 14h02

None
Felipe Neto lançou livro polêmico em 2017 e causou alvoroço entre os pais

O livro autobiográfico de Felipe Neto, lançado pela Editora Coquetel e intitulado “Felipe Neto: A trajetória de um dos maiores youtubers do Brasil”, vem trazendo dor de cabeça aos pais dos pequenos desde que foi lançado, em 2017. Uma das atividades, “casa, mata ou trepa”, causou polêmica por trazer vocabulário de conotação sexual em um livro infantil. Isso porque Neto tem como público crianças e adolescentes, que compõem a maioria dos 23 milhões de inscritos em seu canal.

O livro traz uma série de brincadeiras para o público infantil, como pinturas, ligue os pontos e caça-palavras. Em “casa, mata ou trepa”, uma brincadeira que surgiu no YouTube nos Estados Unidos, o participante tem que escolher em quais das três categorias colocar as celebridades. O livro de Felipe, ainda em circulação, traz personalidades como Neymar, Mc Kevinho, Bruna Marquezine, Inês Brasil e até o ator pornô Kid Bengala.

Surpresa indesejada

Os pais das crianças não ficaram nem um pouco contentes com a surpresa. Diversos pais e mães tomaram as redes sociais para falar sobre o caso e denunciar a linguagem de conotação sexual.

“Fui comprar a Revista do Felipe Neto para meu filho de 11 anos e não vi problema algum até me deparar com matéria ‘trepa casa ou mata’, onde o mesmo usava palavras de baixo nível, onde diz que preferia engravidar do Neymar, trepar… enfim, um absurdo”, disse um dos pais no ReclameAQUI.

Livro de Felipe Neto traz atividade com conotação sexual e revolta pais
Livro foi lançado em 2017 e causou polêmica entre os pais sobre o conteúdo produzido pelo youtuber. (Foto: Reprodução)

Outra mãe preocupada diz ter dado a revista de presente de Dia das Crianças para a filha sem antes ter reparado na atividade. “Olhei por fora e não achei nenhuma classificação. Confirmando a minha ideia que não teria problema nenhum. Um total engano, pois no meio da revista tem um “joguinho “ com o seguinte nome: casa, mata ou trepa. A primeira pergunta da minha filha foi: Mãe, o que é trepar?”, relembrou.

Laura Beatriz é mãe e viu uma publicação nas redes sociais falando sobre o ocorrido. “É um conteúdo um pouco forte, desnecessário, com palavras xulas, por exemplo “trepa”. Meu filho tem 7 anos. É demais pra ele”, ressaltou a mãe.

“Acho interessante outros pais ficarem sabendo que tipo de YouTubers seus filhos estão seguindo para pelo menos tentarmos salvar essa geração de crianças”, afirmou.

Para maiores

Na semana passada, um vídeo íntimo do youtuber de 3 anos atrás foi divulgado nas redes sociais e Felipe fez um vídeo de resposta em seu canal com a faixa etária para maiores de 13 anos contando sobre o ocorrido.

O vazamento fez com que o nome do influenciador chegasse ao topo dos trending topics do mundo. Entre os tweets, ao mesmo tempo que fãs do influenciador o defendiam e pediam para que o culpado pelo vazamento fosse penalizado, haviam outros que satirizavam a cena e até insinuaram que o próprio teria feito o vazamento para se autopromover.

Assista ao vídeo abaixo:

A reportagem do MidiaMais procurou a assessoria de imprensa de Neto, mas ainda não obteve retorno com o posicionamento do youtuber sobre o assunto.

Jornal Midiamax