MidiaMAIS / Comportamento

Da música à yoga para gordos, Gustavo Vargas se viu ‘multi’ depois da depressão

“Todo dia descubro um novo Gustavo para mudar meu caminho”. A frase saiu de maneira despretensiosa, mas a reflexão diz muito sobre a atual fase de Gustavo Vargas. Artista – ator e músico, diretor de produção, terapeuta holístico, thetahealer e cientista social são algumas das versões deste perfil que se mistura entre o singular e o […]

Mariana Lopes Publicado em 08/06/2018, às 07h36 - Atualizado em 09/06/2018, às 12h34

None

“Todo dia descubro um novo Gustavo para mudar meu caminho”. A frase saiu de maneira despretensiosa, mas a reflexão diz muito sobre a atual fase de Gustavo Vargas. Artista – ator e músico, diretor de produção, terapeuta holístico, thetahealer e cientista social são algumas das versões deste perfil que se mistura entre o singular e o plural.

Famoso na noite campo-grandense, ele sempre foi assim: “multi” e com uma infinidade de versões de si mesmo, mas foi depois de uma crise de depressão que ele realmente enxergou as inúmeras possibilidades que a vida apresenta.

Com 19 anos de carreira na música, tocando em bares, eventos, festivais e shows, Gustavo Vargas foi surpreendido pela depressão em 2014, quando morava em Curitiba.

“Estava tudo ótimo, em todos os aspectos da minha vida. Eu não tinha um problema específico, uma dor, nada extraordinário aconteceu. Eu simplesmente adoeci”, conta o músico.

De volta pra casa

Com o apoio da família e dos amigos, ele voltou para Campo Grande em 2015. “Vim embora para morrer perto da minha mãe”, confessa Gustavo. Essa era a ideia dele, mas a vida é essa caixinha de surpresa que sempre muda o roteiro que construímos. E os planos do artista ganharam novos rumos quando foi apresentado ao yoga, pela professora Suzi Luz e a mestra Cristina Lopez

Gustavo conta que a prática e a filosofia do yoga lhe trouxeram novas possibilidades em diversos aspectos, espiritual, emocional e até mesmo profissional.

Além de ganhar forças para voltar a cantar e tocar, o que ele não fazia desde que se viu com depressão, também começou a fazer cursos de formação de Yoga, Terapia Holística, Energética, entre outras terapias alternativas.

Hoje, quatro anos depois do diagnóstico de depressão, ele ganhou novos títulos e montou um espaço para dar aulas de suas novas formações.

Yoga para gordos

Gustavo foi da música às terapias alternativas, e agora se dedica – também – ao novo projeto: yoga Da música à yoga para gordos, Gustavo Vargas se viu 'multi' depois da depressãopara gordos. “Só vejo gente magra se esticando no tapete. E quem tem dificuldade para se dobrar? A pessoa se sente constrangida e vai embora”, pontua.

E foi pensando nisso que ele abraçou a causa e investiu no projeto de dar aulas de yoga, especialmente para pessoas acima do peso e com dificuldades para fazer as posições. “Pode ser aula individual ou com um grupo pequeno, de no máximo cinco pessoas”, explica.

E assim como ele mesmo gosta de ser livre para seguir os caminhos que a vida apresenta, as aulas ele garante que não são diferentes disso. “As aulas individuais nos permite essa liberdade. A pessoa chega aqui e decidimos por qual caminho iremos de acordo com o que ela precisa naquele momento. Às vezes a pessoa preciso só de uma boa conversa, mais do que os movimentos do yoga. Então, tudo flui naturalmente, temos uma hora de pura liberdade”, diz Gustavo.

Mas esse é só mais um dos tantos projetos que Gustavo Vargas encara. Cheio de vida nova, ele garante que somos muito para sermos limitados. “Gosto de ser múltiplo, de ser tudo o que meu espírito diz que posso ser”, enfatiza.

Fale MAIS!
O que você gostaria de ver no MidiaMAIS?
Envie sua sugestão para o e-mail [email protected], ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

E SIGA a gente no INSTAGRAM @midia_mais_

Jornal Midiamax