MidiaMAIS / Comportamento

‘O segredo é nunca ter casado’, brinca dona Leonor em festa de 100 anos

Comemoração neste domingo marcou a data

Arlindo Florentino Publicado em 18/09/2016, às 16h06

None
5a8a4823-b143-457d-98ef-9a1b4f29af6e_1.jpg

Comemoração neste domingo marcou a data

Ao completar 100 anos de idade (o aniversário foi no último dia 14), dona Leonor Marques Oliveira demonstra muita vitalidade e bom humor. Os familiares afirmam que ela faz os pequenos serviços domésticos e passa o tempo fazendo crochê. Segundo ela, que gosta de saborear uma cervejinha gelada e vinho, com moderação, o grande segredo da longevidade “é nunca ter casado”. A frase sai acompanhada por um leve sorriso.

Aos poucos ela vai se soltando e conta um pouco de sua vida. “Tive nove irmãos e todos se casaram e apenas eu fiquei solteira. Mas foi por vontade de Deus porque para mim estava reservada uma outra missão. Como meus irmãos tinham que se dedicar as suas famílias, fiquei eu para cuidar da minha mãe até seus últimos dias”, afirmou.

O detalhe interessante é que dos irmãos de Leonora, três morreram com 102, 98 e 95 anos.

Na comemoração deste domingo (18), que aconteceu em uma chácara, estiveram presentes vários sobrinhos e amigos, que não se cansavam de elogiar a aniversariante. “Ela é muito ativa. Não faz exercícios físicos pois sente cansaço, mas ainda faz costura de mão e sempre de bom humor”, resumiu a sobrinha Ilma Dias Macedo, de 77 anos de idade.

Na alimentação, não há qualquer restrição. “Como de tudo. Só não gosto de sopa. Prefiro comida seca”, resume o cardápio.

Leonor nasceu no dia 14 de setembro de 1916 em Ponta Porã. Passou a infância em Rio Brilhante e na adolescência mudou-se com a família para Campo Grande. Atualmente, mora coma sobrinha Ilma. Além do churrasco, os convidados ainda foram brindados pela dupla Tangará e Zé Viola, que desfilou o repertório de músicas regionais.

Jornal Midiamax