O MIS (Museu da Imagem e do Som) estreia o “Cine Maturidade” nesta quinta-feira (8), com um programação gratuita que envolve a exibição do “Quantos dias, quantas noites” e também uma roda de discussão com especialista. A intenção é falar sobre o envelhecer humano unindo arte e saúde.

O possui 91 minutos, em um produção que mergulha nos sentidos e propósitos da existência, sob diferentes vertentes, ouvindo especialistas como Ana Cláudia Arantes, Alexandre Kalache e Sueli Carneiro que abordam desigualdade social, questões de gênero e a necessidade urgente de criar um novo conceito de idade.

Idealizadora do Cine Maturidade, a subsecretária de Políticas Públicas para Pessoas Idosas, Zirleide Barbosa, explica que o projeto quer reunir público e especialistas, como psicólogos, assistentes sociais, médicos, enfermeiros, antropólogos e cuidadores de forma geral, para discutir esta temática ao fim da exibição e “envolver toda a rede de atendimento à pessoa idosa”.

A exibição começa às 14h. Nesta primeira sessão, a convidada especial é Socorro Pompilio, psicóloga, do curso de Medicina da Uniderp, e professora da Residência Multiprofissional e Cuidados Integrados e do Hospital São Julião.

Confira o trailer aqui:

O MIS fica localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, número 559, na Vila Carvalho, em Campo Grande.