O espaço de eventos Mercado Livre Arena Pacaembu, onde aconteceria o show de Roberto Carlos, na noite desta sexta-feira (19), foi interditado pela prefeitura de São Paulo. O local foi reprovado em vistoria e, ainda assim, concessionária responsável pelo espaço insistia na realização do evento.

De acordo com o G1, a Arena Pacaembu passou por três vistorias do Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Urbanismo, sendo reprovada em todas elas. O local não atende às normas de segurança contra incêndios, previstas na legislação.

Na quinta-feira (18), o Corpo de Bombeiros oficiou a prefeitura, informando que o local, que seria inaugurado na apresentação do cantor, não está apto para receber as três mil pessoas, que compareceriam ao evento.

No documento enviado à prefeitura, foram apontadas 18 irregularidades na edificação, entre elas rotas de fuga obstruídas em caso de incêndio, sistema de hidrantes despressurizado, falta de instalação de sistema central de alarme de incêndio, chuveiros anti-incêndio e portas corta-fogo desinstalados.

Em nota, a concessionária Allegra Pacaembu informou que não há motivos para impedir a realização do evento, já que todas as normas estão sendo cumpridas. Dessa forma, o portão da Arena Pacaembu estaria aberto a partir das 19h para receber o público “com todas as condições de conforto e segurança para uma experiência de alta qualidade”.

Para a Globo News, o prefeito Ricardo Nunes disse que a liberação do espaço não será possível. “Infelizmente não podemos liberar. Tentei pedindo uma nova vistoria hoje, mas os técnicos e bombeiros não aprovaram”, informou.