Comunicativa e sonhadora, a sul-mato-grossense, Ana Carolina Leite, tem um currículo impressionante para uma garotinha de apenas 10 anos. Modelo, Mini Miss Brasil 2021 e atriz, ela já contracenou ao lado de Rômulo Estrela, e em 2024, estreia nas telonas do cinema com o longa ‘Escola de Gênios – Uma Aventura Perfeita’, da GloboPlay.

Agora, um novo desafio surgiu para a riobrilhantense: dar a vida a Beja menina, fase criança da protagonista que posteriormente será assumida por Grazi Massafera, na nova novela ‘Dona Beja’, sucesso dos anos 80, agora em um ramake para plataforma de streaming HBO Max.

O Jornal Midiamax conversou com Ana Carla, mãe de Ana Carolina, que nos contou como foi o processo de testes até a estrela mirim conseguir o papel na nova produção. E pra isso, vale voltarmos um pouquinho no tempo, quando Ana tinha 5 anos.

Ana Carolina em seu ensaio de miss. (Reprodução/Divulgação)

Ana Carla estava rolando seu feed do Facebook, quando se deparou com um anúncio de seletiva em Maracaju, pelo Diego Comarella, especialista em treinamento e preparação de modelos para o mercado da moda. Como ela sempre ouvia que a filha era linda e comunicativa, e que faria sucesso como atriz ou modelo, decidiu levar a pequena até a cidade para um teste. Lá ela foi aprovada e pôde participar de outra seletiva, dessa vez em Campo Grande, onde conseguiu fechar contrato de agenciamento com duas empresas de São Paulo.

E aí é que veio o desafio para a família. Devido a distância entre Rio Brilhante e São Paulo, os custos de viagem e hospedagem eram altos e totalmente arcados pela mãe. Apesar disso, Ana Carolina ia fazendo seus trabalhos de modelo na permuta, maneira que lhe garantia looks novos e oportunidades que alavancavam ainda mais seu trabalho.

“Fazia pão de mel e vendia para arrecadar dinheiro, ia no comércio pedir patrocínio no qual fomos muito ajudadas, eu ganhava gasolina para chegar até em SP”, conta Ana Carla. “Aí começou aparecer trabalhos pagos e ela é muito boa modelo (…) Nada foi fácil, a Ana recebeu muitos nãos também”, explica.

Processo seletivo

O processo para conseguir ser aprovada como criança protagonista na novela foi longo e exigiu muito foco e profissionalismo na pequena Miss. Antes do teste ela precisou fazer preparação de teatro a atuação para câmera com sua professora, Dalila de Nóbrega, para então começar os processos que poderiam lhe garantir o papel.

Primeiro ela precisou fazer um teste por vídeo, gravando um monólogo da novela ‘Dona Beja’. Depois de alguns dias, veio a notícia: ela estava aprovada e poderia seguir para a segunda etapa, um teste presencial com o diretor e a equipe do projeto.

Lá ela se encontrou com todas as finalistas, cerca de 10 meninas, mas não teve outra. Ana conquistou seu espaço e garantiu o papel tão esperado. “Quando a Ana Carolina fez o teste ela foi indicada pela Agência Cintra que é do Rio de Janeiro, mas as meninas que entraram para este teste foram de muitas agências de São Paulo e Rio de Janeiro, foram mais de 200 meninas que primeiro fizeram o teste por vídeo”, conta a mãe da atriz.

Preparação para a novela

A modelo já está gravando. Morando com a mãe em São Paulo desde agosto de 2022, os próximos meses serão de idas e vindas para o Rio de Janeiro, onde acontecem as gravações. Ao todo serão cerca de 20 diárias.

Ana Carla conta que desde pequena a filha era comparada com a atriz Global, Grazi Massafera. Quando a oportunidade apareceu, as duas sabiam que essa seria um momento de ouro para concretizar um grande sonho pessoal e profissional.

E sim, as duas já se conheceram. “No primeiro dia que a Ana estava no estúdio, a Grazi estava gravando. A Ana Carolina tinha feito preparação e em seguida foi fazer prova de roupa no camarim”, relembra a mãe da Miss.

Ana Carolina e Grazi Massafera nos bastidores. (Arquivo Pessoal)

“E quando estávamos sentadas esperando ser avisadas que hora o carro chegaria para nos levar embora, escutei alguém falando: ‘vem conhecer a Bejinha’. Alguém levou a Grazi para conhecer a Ana Carolina. Nossa, levamos um susto”, conta ela.

“A Ana foi tão feliz e a Grazi foi tão atenciosa. Falou com ela, abraçou ela… Foi demais”, comemora.

Dona Beja é uma futura telenovela brasileira produzida pela ‘Floresta’ para o serviço de streaming Max, da Warner Bros. Discovery, com previsão de estreia para 2024. Será a 2ª produção neste formato voltada exclusivamente para a plataforma.

“Nossa muito incrível, porque desde quando a Ana Carolina começou seus trabalhos em São Paulo, as pessoas a viam e falavam que ela se parecia muito com a Grazi, e conforme ela foi crescendo, isso se tornou mais forte”, conta a mãe da atriz. “Aqui em São Paulo as pessoas chamam ela de ‘Grazinha’ e sempre dizem que ela poderia até fazer um papel em filme, série ou novela de filha da Grazi, então quando surgiu este teste procurando uma menina que se parecesse com a Grazi e a Ana Carolina fez e passou foi surreal. Muitas pessoas e amigos mandando mensagem no Whats e direct do Insta falando que não tinha criança melhor que a Ana”, comemora Ana Carla.