Nova da TV Globo ambientada em , “Terra e Paixão” magoou os sul-mato-grossenses ao não mencionar o nome do Estado ainda no capítulo de , exibido nesta segunda-feira (8). Para quem esperava ouvir um sonoro “Mato Grosso do SUL” já no primeiro episódio, restou apenas a decepção.

Aqueles que estavam ansiosos para escutar o nome do Estado no folhetim precisaram se contentar com as belíssimas imagens de paisagens, plantações e principalmente do céu sul-mato-grossense, que fizeram toda a diferença e representaram as belezas naturais de Mato Grosso do Sul logo de cara. Mas, parece que isso não foi o suficiente.

Nas redes sociais, moradores não só de e (cidades onde a trama foi gravada) já demonstravam chateação pelo fato da obra usar o recurso de uma cidade fictícia chamada Nova Primavera e não os nomes reais dos municípios. Mas essa mágoa foi endossada com a ausência da menção a MS no primeiro dia.

“Deveria ser exigido mencionar o nome estado toda hora no enredo. Quem sabe assim aprendem de uma vez que aqui é DO SULLLLLL”, pontuou uma telespectadora local. “Não falaram Mato Grosso do Sul nenhuma vez. Vêm aqui, usam nosso Estado e nem mencionam”, disparou mais uma internauta de MS. “Fiquei esperando alguém falar em MS mas nada, nem Deodápolis”, reclamou outra.

Ainda assim, além das belas imagens, Mato Grosso do Sul teve o seu “momento” na estreia, quando o protagonista Caio, vivido por Cauã Reymond, surgiu tomando tereré. A cena rendeu críticas pela forma como o ator tomou a bebida e mexeu na bomba, mas fez os sul-mato-grossenses darem um pulo de orgulho ao verem a cultura do Estado representada.

Sotaque de Mato Grosso do Sul

O sotaque também se fez presente entre todos os personagens. E que sotaque! “Está lindo de ver como estão fazendo direitinho”, opinou um douradense nas redes. “Muito bom, porque aquele sotaque mineiro em Pantanal era de morrer”, observou outro morador.

De modo geral, a prosódia predominante no folhetim dividiu (e muito) a opinião do público. Enquanto muitos adoraram, telespectadores de outros Estados, principalmente, detestaram o sotaque dos personagens e não pouparam críticas. Confira:

https://twitter.com/elizadefloriano/status/1655881680148635649

Alguns sul-mato-grossenses também não se sentiram bem representados pelo modo como os atores estão falando da nova novela. No entanto, há quem aprecie verdadeiramente a dedicação dos artistas.

“Eles são cariocas, imagina o quanto é difícil puxar esse ‘r'. Vão pegando ao longo da novela. E mais, tá bem melhor que Pantanal, onde havia um mineirês inexplicável. Sou de MS e estou achando lindo de verdade, estão todos muito bem, representando nosso Estado dignamente. E não achei nada forçado não, sosseguem e parem pra se ouvir vocês que estão reclamando”, rebateu um internauta de Mato Grosso do Sul.

Veja a abertura da novela

E por falar em Pantanal…

Inevitavelmente, a estreia de “Terra e Paixão” gerou muitas comparações entre as tramas na web. Embora ambientadas no mesmo Estado, “Terra e Paixão” e “Pantanal” têm muitas diferenças importantes, destacadas pelo MidiaMAIS no texto abaixo:

Apesar disso, os “órfãos” apegados ao remake finalizado em outubro de 2022 fizeram questão de aparecer para detonar.

Em meio às críticas, telespectadores mais sensatos observaram detalhes importantes trazidos por “Terra e Paixão”. Veja:

Universo agro

A percepção sobre o universo agro em “Terra e Paixão” também está dividindo opiniões. Enquanto alguns enxergam uma abordagem que tenta “manchar” o agronegócio, outros acreditam que a novela está enaltecendo o setor.

“Novela desprezando o trabalho o agronegócio, militância pura”, “Essa novela vai tentar sujar o Agro”, e “Não chega nós pés da novela Pantanal! Novela chata incentiva a violência no campo, tanta propaganda para isso. Chata”, são alguns comentários populares na web.

Vale lembrar que o fazendeiro e maior produtor rural da trama, Antônio La Selva (Tony Ramos) começa a história mandando matar uma família para ficar com as terras dessas pessoas. Será que pegou mal?

Em contrapartida, tem gente orgulhosa ao ver o agronegócio em destaque na telinha.

https://twitter.com/jrbjz/status/1655747039160938503

E você, qual sua opinião sobre a estreia de “Terra e Paixão”? Gostou? Esperava mais? Se frustrou ao não ouvir o nome de MS mencionado no primeiro dia? Envie seu depoimento ao MidiaMAIS.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.