Dos dias 23 a 27 de agosto, a Praça da Liberdade, em Bonito, será palco de um dos maiores eventos culturais de Mato Grosso do Sul, o Festival de Inverno da cidade. Com atrações nacionais e regionais, o evento movimenta o turismo e aquece a economia local em cinco dias de uma extensa e recheada programação.

Quem abre a sequência de shows de artistas nacionais é Fafá de Belém, ainda no dia 23. No dia seguinte, o público do Festival de Inverno de Bonito poderá assistir à apresentação de Paulinho Moska, com participação de Maria Gadú. Além destes nomes, o Festival também terá shows de Iza, Emicida e do Trio Parada Dura.

Confira as datas das atrações nacionais do Festival de Inverno de Bonito:

23/08 – Fafá de Belém
24/08 – Paulinho Moska, com participação de Maria Gadú
25/08 – Iza
26/08 – Emicida
27/-08 – Trio Parada Dura

Para além das apresentações destacadas acima, a programação conta com shows locais, exposições, teatro, dança e uma novidade confirmada para este ano será um espaço totalmente voltado para as crianças, com shows musicais, oficinas e brincadeiras, que será montado no CMU (Centro de Múltiplo Uso).

Veja abaixo a programação completa de cada dia do Festival de Inverno de Bonito em 2023 e os horários das atrações:

QUARTA (23/08)

8h

Literatura

Contação de histórias – Contos de brincar & cantar

Eduardo Alcântara Ribeiro e Gabrielle da Silva Barros (Edubrincante e Gabrielle Cantante)

Local: Centro de Educação Infantil Laura Vicuna

Sinopse: Neste espetáculo, o público é convidado a interagir e vivenciar diversas situações cênicas e lúdicas guiadas por divertidas histórias narradas e cantadas, cantigas, adivinhas, parlendas e muitas brincadeiras.

14h30

Circo

Show do Pipokinha – Turma do Pipokinha

Local: Caixa Cênica – R. Filinto Müler, 185 – Centro

Resgatando a magia do circo tradicional, cada vez mais raro de se ver no dia a dia, a Turma do Pipokinha traz para o Festival de Inverno de Bonito um repertório cômico, acrobacias, pirofagia, tecido acrobático e até dança do ventre, o espetáculo pretende encantar adultos e crianças.  – Classificação livre

15h

Literatura

Contação de histórias – Contos de brincar & cantar

Eduardo Alcântara Ribeiro e Gabrielle da Silva Barros (Edubrincante e Gabrielle Cantante)

Local: Centro de Educação Infantil Vera Lúcia Figueiredo

Sinopse: Neste espetáculo, o público é convidado a interagir e vivenciar diversas situações cênicas e lúdicas guiadas por divertidas histórias narradas e cantadas, cantigas, adivinhas, parlendas e muitas brincadeiras.

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

Nos cinco dias do Festival de Inverno de Bonito/ 2023, o público vai poder apreciar o melhor da música produzida por talentos locais. Entre bandas e artistas solo, trios ou demais combinações, com várias formas, performances e estilos, mais de 25 músicos revezam no palco para oferecer um repertório com ritmos que passam pelo rock, pop, mpb, samba, rap ,música regional e sertanejo. No primeiro dia da programação quem comanda o palco são os artistas Mariel Flores E Eduardo Sanches na Percussão e na sequência a Banda Mataguéw com Izabelê Sovernigo – Voz, Luiz Lazarott – Bateria, Daniel Campos – Baixo e Francis Maragno -Guitarra.

17h às 21h

CERIMÔNIA DE ABERTURA –  

Palco da Praça

Praça da Liberdade

17h

Orquestra

Orquestra Jovem SESC

Palco da Praça

Praça da Liberdade

17h30

Dança

Os Moura Andrades

Cia Storm de Dança

Local: Praça da Liberdade

Uma viagem ao ano de 1958, contando a história da fundação de Nova Andradina e a jornada de operários que ajudaram a construir a cidade. Utilizando movimentos precisos e quebras das danças urbanas, se vale de uma estética contemporânea, agregando sofisticação e preciosismo estilístico à obra coreográfica.

18h30

Orquestra

Raízes da nossa terra – Tambores de Aço Fundação CSN

Palco da Praça

Praça da Liberdade

19h

Cerimônia de abertura

Local: Palco da Praça

19h30

Circo

Anjos Voadores – Trapézio de voos

Local: Praça da Liberdade

A uma altura de 14 metros, a Cia Anjos Voadores de São Paulo faz um espetáculo entrelaçado de cores e lirismo. Classificação livre.

21h

Música

Show Canta Bonito

Palco das Águas

22h30

Música

Fafá de Belém

Palco das Águas

FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

FIB 2023 – PROGRAMAÇÃO

QUINTA (24/08)

8h

Literatura

Ricardo Aparecido de Lima

Local: Escola Municipal Durvalina Dorneles Teixeira

Sinopse: Mala de Viajante – Carrego na Mala histórias que ouvi, vi e vivi. Contadas, cantadas e brincadas, espalhadas pelos cantos, a quem estiver disposto a ouvir e brincar. “Mala de Viajante” é um projeto em busca da memória cultural afro-indígena, colhendo e plantando histórias, brincadeiras e cantigas da cultura popular, tradicional e ancestral, promovendo a experiência da poesia e o imaginário para crianças pequenas e grandes.

8h

Literatura

Fernanda Reverdito

Local: Escola Municipal João Alves de Arruda 

Sinopse: A tataraneta do fundador da cidade, Luiz da Costa Leite Falcão, reuniu diversas memórias familiares dos tempos em que Bonito nem era Bonito. A contação de histórias que realiza é uma apresentação lúdica e poética com objetos, instrumentos musicais, contando estórias que levam o ouvinte a conhecer os longínquos tempos do antigo Rincão Bonito.

9h às 17h

Festival Bonitinho 

Local: CMU 

O Festival Bonitinho contará com uma série de atividades lúdicas, recreativas e esportivas, numa dobradinha toda especial entre Fundação de Cultura/MS e Fundesporte. Traga os alunos, os amigos e a família para se divertir e se exercitar.

9h às 11h 

Futevôlei

Yoga

Beach tênis 

Futebol

Trinca de Basquete 

Jogos de mesa

Recreação Tobogã

15 às 17h

Vôlei de areia

Futmesa

Chute a gol, lonas de jogos gigantes

Tênis de mesa

Ginástica

Slackline

Jogos de mesa

14h

Literatura

Ricardo Aparecido de Lima

Local: Lounge Literário

Mala de Viajante – Carrego na Mala histórias que ouvi, vi e vivi. Contadas, cantadas e brincadas, espalhadas pelos cantos, a quem estiver disposto a ouvir e brincar. “Mala de Viajante” é um projeto em busca da memória cultural afro-indígena, colhendo e plantando histórias, brincadeiras e cantigas da cultura popular, tradicional e ancestral, promovendo a experiência da poesia e o imaginário para crianças pequenas e grandes.

15h às 20h

Música

Folk na rua 

Locais: Ruas e praças de Bonito 

Intervenção artísticas de música urbana que pode acontecer a qualquer momento nas ruas de Bonito. Deixe se envolver e  se encantar com nossa música, nossos ritmos. 

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

Nos cinco dias do Festival de Inverno de Bonito/ 2023, o público vai poder apreciar o melhor da música produzida por talentos locais. Entre bandas e artistas solo, trios ou demais combinações, com várias formas, performances e estilos, mais de 25 músicos revezam no palco para oferecer um repertório com ritmos que passam pelo rock, pop, mpb, samba, rap ,música regional e sertanejo. Nesta quinta feira a temática do coletivo é “Respirando,  Música Liberta” trazendo para o palco a Banda Maraumar  com Álvaro Cavalheiro, Márcio Ximenes e Marcos Oliveira e na Sequência Hanna Lopes, voz e violão, acompanhada do baixista Márcio Ximenes e do percussionista Marcos Oliveira. 

17h30

Hip Hop

“Timeline: Onde tudo começou – Backstage Of The Soul”

Local: Praça da LIberdade

Timeline (linha do Tempo) é uma performance que conta um pouco de quando tudo começou na Cultura HIP HOP, por meio da dança. Mostrando como era nos anos 1970, época do Boogie Oogie, utilizando passos sociais, passinhos de Flash Back. Conforme a evolução dos nos seguintes, dominando o cenário com a dança Breaking e suas vertentes como Popping: Locking; Power Moves e Saltos mortais entre os anos 1980. Ao comando do Dj fazendo a festa acontecer e contribuindo com sua discotecagem seguindo essa linha do tempo até os anos 2000.

18h

Moda

Desfile dos Expositores da Moda com DJ Keertana

Local: Praça da Liberdade

18h30

Música

Matu Miranda

Palco CMU

19h30

Dança

Guadakan – Cia de Dança do Pantanal

Local: Palco da Praça

Concebido a partir de um mito Guató, o espetáculo une dança contemporânea e orquestra. Diante do mito de Guadakan, a apresentação leva todos a uma reflexão:

No princípio, era a simplicidade. Os antigos aprenderam e passaram a ensinar aos seus que tudo tem um dono no Pantanal, estes são seres não humanos, sobrenaturais ou divinos que devem ser respeitados e exigem uma conduta ética para que ali todos possam viver em equilíbrio com os recursos por eles oferecidos. Quando se quebram regras, punições serão proferidas. No presente, mais de 17 milhões de animais vertebrados foram mortos.

20h

Música

Bala Desejo

Palco CMU

20h30

Teatro

As preciosas

Grupo Casa

Local: Caixa Cênica – R. Filinto Müler, 185 – Centro

Eva, Madalena e Luci são funcionárias da máquina do tempo da humanidade. Elas compõem histórias na tentativa de sincronizar a consciência humana com o período cronológico histórico. Incansáveis, trazem à cena As Preciosas, escritoras anônimas ou esquecidas de Contos de Fadas do sec XVII e XVIII. Muitos dos contos escritos por essas mulheres, chegaram até os tempos atuais, assinados por homens. As Preciosas é um convite ao cultivo, ao resgate e à escuta de obras criadas por mulheres, a qualquer tempo.

21h

Música

Renata Sena

Palco das Águas

22h30

Música

Paulinho Moska e Maria Gadú

Palco das Águas

 FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

FIB 2023 – PROGRAMAÇÃO

SEXTA (25/08)

8h

Literatura 

Ciro Ferreira

(Ciro – Boneco Maneco )

Local: Escola Vitalina Vargas Machado

“Baseado nos livros de Luís Camargo, este trabalho apresenta as seguintes obras literárias: Maneco Caneco, Chapéu de Funil e Panela de Pressão e também contempla textos de Monteiro Lobato. A narrativa é uma brincadeira acumulativa que trabalha com objetos de casa como rodo, cabide, copo e outros, de forma lúdica e dinâmica possibilitando a imaginação e a criatividade no encontro com a ilusão poética entre objetos inanimados e o texto narrado. Na segunda parte o mesmo personagem trabalha com o popular das parlendas, versos, “o que é o que é?” e brincadeiras interagindo entre a contação de histórias e leitura compartilhada tornando a narrativa rica em saberes literários. Luís Camargo, além do popular, trabalha com humor que atrai tanto crianças, jovens e adultos na mesma linguagem de Monteiro Lobato, juntar os dois no mesmo espaço cênico resulta no trabalho oferecido.

8h30m

Literatura

Tatiana de Conto Sangalli

Escola Falcão

Lançamento do livro Uma Mulher À Frente De Seu Tempo, como um instrumento paradidático à professores do ensino fundamental na disciplina de História e Cultura Regional. Lídia Baís, a primeira mulher artista de Campo Grande, na sua última fase de produção, apresenta uma pintura auto referenciada que aborda questões raciais, étnicas e de gênero.

9h

Teatro

Brasil Pequeno

Genifer Gerhardt

Local: Praça da Liberdade

Um espetáculo de Teatro de Bonecos em Miniatura que fala de pessoas que vivem em diferentes regiões do país. Pessoas que Genifer Gerhardt, palhaça e bonequeira, encontrou em viagens pelo Brasil, conhecidas em olhos, ouvidos e afetos. Ao habitar seus bolsos, os bonecos carregam as histórias de cada estar e de cada sentir. 

9h

Literatura 

Bate Papo Literário

Henrique Medeiros

Local: Escola BCG

Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e sua História Literocultural – Instituição que reúne os mais ilustres escritores do nosso estado e que recentemente completou cinquentenário, a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras representa cultura, literatura e leitura em Mato Grosso do Sul. Sua história e seus imortais, responsáveis por obras literárias de diversos gêneros e estilos que enriquecem o patrimônio cultural do nosso estado, serão apreciadas. Henrique Alberto de Medeiros Filho é poeta e escritor brasileiro nascido em Corumbá, MS. É autor de livros de poemas, contos, crônicas, outros escritos e biografia; faz parte, ainda, de diversas antologias e coletâneas. Imortal da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, é seu atual presidente e ocupa a cadeira de número 10. Graduado em Comunicação Social pela Universidade Gama Filho – RJ, é publicitário, jornalista e empresário.

9h às 17h

Festival Bonitinho

Local: CMU

O Festival Bonitinho traz nesta quinta feira mais atividades culturais, esportivas e recreativas, tornando um espaço de diversão e interação para crianças e adultos. Venha se encantar com esse festival que é feito para todos!

9h às 11h 

Futevôlei

Yoga

Beach tênis 

Futebol

Trinca de Basquete 

Jogos de mesa

Recreação Tobogã

9h às 11h30

Brincadeiras com Ruano

Com o objetivo de proporcionar uma vivência lúdica para as crianças que participarão do Festival Bonitinho, Ruano Filartiga, promoverá uma série de brincadeiras, jogos teatrais, resgatando o prazer do brincar. Não só a criançada, mas também os adultos estão convidados para participar.

14h

Cabeção pelo Mundo

Maria Eugenia Tita, dançarina, pesquisadora, desenvolve um trabalho de criação cênica e pesquisa histórica a partir das danças tradicionais brasileiras. Atuando desde seus nove anos em espetáculos de Antonio Nóbrega, circulando pelas linguagens da música, teatro e dança. Numa performance cênica ela traz para o Festival Bonitinho seu personagem Cabeção. Partindo dos passos dos ritmos

tradicionais brasileiros como Frevo, Coco e Cavalo Marinho.

14h30

Batucando Histórias

15h às 17h

Vôlei de areia

Futmesa

Chute a gol, lonas de jogos gigantes

Tênis de mesa

Ginástica

Slackline

Jogos de mesa

15h30

Dança

Breaking e suas vertentes

16h

Mundo Bita

10h

Design

Bate Papo com Pirilampos do Planeta

Local: Lounge Literário

Economia Criativa

Roda de Conversa Economia Criativa

Local: Lounge da Gastronomia 

Décio Coutinho (Superintendente de Economia Criativa de MS)

Ana Miriam (Inspirae)

Prof Adriano (UFMS e Pantanal Criativo)

Izabella (Sebrae/MS)

Beatriz (Chocolates Angi);

14h30 às 15h30

Cinema

Câmara Municipal de Bonito

Arte Resistência – (Campo Grande/MS, Documentário, 12 min)

Um documentário sobre o dia a dia do artista visual Leonardo Mareco e o processo criativo de seus lambe-lambes que fazem parte da cultura de arte urbana das cidades e é utilizado como forma de expressão artística.

Classificação: 14 anos

Asfalto, Becos e Ruas – (Nova Andradina/MS, Documentário, 11 min)

O filme apresenta – em três viés – a trajetória do artista nova-andradinense Lucas Donaire; ou, como é artisticamente conhecido, 2B. Com uma linguagem documental, a produção explora a atuação do artista nas batalhas de rima, seus traquejos e afinidade com a prática do skate, e a forma com que a escrita (poemas e composições musicais), organicamente, tornou-se parte de sua vida.

Classificação: 14 anos

A Cena das Mina – Mulheres no Rap Sul-Mato-Grossense – (Campo Grande/MS, Documentário, 26 min)

Um documentário que discute o rap com perspectiva de gênero a partir de relatos de quatro rappers de Mato Grosso do Sul: MC Anarandá, indígena da etnia Guarani-Kaiowá; Mel Dias, artista preta e periférica de Campo Grande; Serena MC, a primeira mulher sul-mato-grossense a chegar no Estadual da Batalha de MCs e SoulRa, artista douradense com mais de 40 mil visualizações no YouTube. Suas histórias refletem sobre espaços, conflitos e possibilidades que permeiam o gênero musical no estado e na vida pessoal de cada artista.

Classificação: 14 anos”

14h30

Literatura 

Ciro Ferreira

(Ciro – Boneco Maneco)

Local: Praça da Liberdade

“Baseado nos livros de Luís Camargo, este trabalho apresenta as seguintes obras literárias: Maneco Caneco, Chapéu de Funil e Panela de Pressão e também contempla textos de Monteiro Lobato. A narrativa é uma brincadeira acumulativa que trabalha com objetos de casa como rodo, cabide, copo e outros, de forma lúdica e dinâmica possibilitando a imaginação e a criatividade no encontro com a ilusão poética entre objetos inanimados e o texto narrado. Na segunda parte o mesmo personagem trabalha com o popular das parlendas, versos, “o que é o que é?” E brincadeiras interagindo entre a contação de histórias e leitura compartilhada tornando a narrativa rica em saberes literários. Luís Camargo, além do popular trabalha com humor que atrai tanto crianças, jovens e adultos na mesma linguagem de Monteiro Lobato, juntar os dois no mesmo espaço cênico resulta no trabalho oferecido.

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

Nos cinco dias do Festival de Inverno de Bonito/ 2023, o público vai poder apreciar o melhor da música produzida por talentos locais. Entre bandas e artistas solo, trios ou demais combinações, com várias formas, performances e estilos, mais de 25 músicos revezam no palco para oferecer um repertório com ritmos que passam pelo rock, pop, mpb, samba, rap, música regional e sertanejo. A sexta feira é a vez do coletivo de músicos de Bonito apresentar a temática “O som, dia de funcionar as máquinas” trazendo todo o talento e originalidade de Leonardo Bugalu, voz e violão  e Eduan Coelho na bateria. Na sequência vem a Banda ‘’As Máquinas Do Seu Antônio’  com Goga Penha na guitarra, Chicão Xavier no baixo, Alexandre Xavier, voz e Eduan Coelho na bateria.

16h

Literatura

Henrique Medeiros e Samuel Xavier Medeiros

Local: Lounge Literário

Os autores discutem a prosa literária sul-mato-grossense e a história literocultural da Academia Sul-mato-grossense de Letras.

17h

Música 

Banda Ecoar

Local: Caminhão da CSN (Praça da Liberdade) 

A banda tem o objetivo de unir música e desenvolvimento sustentável da agenda 2030, através de uma narrativa que sugere ações relacionadas às necessidades humanas, estratégias de qualidade de vida, sustentabilidade social, consciência ambiental, redução das desigualdades, produção e consumo responsável. A banda é formada por vocal e instrumental de alunos do curso de música do Sesc Lageado, sob a direção musical de Keyla Brito, tem como Integrantes: Jhemerson Alonso, Thalita Dias, Iasmim Prates, Maria Clara de Oliveira, Rayssa Aranda, Luiz Felipe Lima, Rafael Gonçalves, Herick Festi e Gustavo Nabhan 

17h

Circo

Palhaça Palitolina 

Genifer Gerhardt

Local: Praça da Liberdade

Palitolina é assim, magrela. Tem pernas compridas. E finas. O espetáculo solo de rua traz a palhaça Palitolina interagindo e se atrapalhando no encontro com personagens e bonecos inusitados. Com poucas palavras e composta de números próprios, a montagem privilegia o riso em uma esfera poética e contagiante.

Classificação livre.

17h

Literatura

Tatiana de Conto Sangalli

Local: Lounge Literário

Lançamento do livro Uma Mulher À Frente De Seu Tempo, como um instrumento paradidático à professores do ensino fundamental na disciplina de História e Cultura Regional. Lídia Baís, a primeira mulher artista de Campo Grande, na sua última fase de produção, apresenta uma pintura auto referenciada que aborda questões raciais, étnicas e de gênero.

17h30

Hip Hop

Coletivo (I)Marginário”

Peripécias Periféricas

Local: Praça da Liberdade

A fim de exaltar a arte e resistência da cultura Hip Hop, proporcionando vida e fôlego à quebrada por meio da dança, música e poesia, o coletivo (I)Marginário, idealizou a performance “Peripécias Periféricas” que une elementos que sustentam a cultura de rua, refletindo a luta intrínseca em viver à margem da sociedade. Pretende-se, então, trazer à tona a perspectiva da marginalidade enquanto lugar produtivo de arte, cultura e resistência.

18h às 20h

Audiovisual

Oficina de Produção de Vídeos de Skate – Aula 1

Frederico de Almeida Campos

Elio Angelo

Cleverson Rojas

Local: CMU

Aulas de análise de vídeos, estudo dos principais filmes de skate da história e de MS, técnica de filmagens, aulas práticas com captação de imagens de skate e edição de vídeo em aplicativos para celular.

18h

Música

Os Gilsons

Local: Palco da Praça

18h30 às 21h

Hip Hop / Live Paint com graffiti

Vermeset

Ravnos Rodrigues

Rafael Mareco

BTN

Local: Praça da LIberdade

Sinopse: Uma intervenção no espaço urbano por meio da arte, fora dos circuitos consagrados e para o povo. Exploram narrativas da cidade, questões diversas que atravessam a realidade social, propondo críticas e reflexões por meio das formas, cores e traços que traduzem as vivências da rua.

19h

Circo

Big Bang – Biolumini

Classificação: Livre

Local: Praça da Liberdade

Inspirado na Teoria do Big Bang, o espetáculo conta de maneira imagética o início e desenvolvimento da Terra, a partir de um pequeno ponto muito denso e quente. Para ilustrar a narrativa, diferentes equipamentos de fogo se combinam com coreografias únicas, explorando malabarismos, acrobacias, equilíbrios e efeitos ilusionistas. Os personagens, assim com a história, evoluem e se transformam, revelando a cada cena roupas e acessórios de fogo bambolês, bastões, claves, saias, asas, coroas. A apresentação conta com música ao vivo com instrumentos de percussão.

20h

Música

Dora Sanches

Palco da Praça da Liberdade

20h30

Dança

Silêncio Branco

Ginga Companhia de Dança

Local: Caixa Cênica – Filinto Muller, 1905, Centro

Silêncio Branco busca romper com o mutismo ensurdecedor da sociedade perante as violações sofridas por milhares de mulheres, colocando em cena as mais diversas fases e ciclos de violência impostas ao feminino.

21h

Música

Silveira

Local: Palco das Águas

22h30

Música

IZA

Local: Palco das Águas

FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

FIB 2023 – PROGRAMAÇÃO

SÁBADO (26/08)

8h

Literatura

Aurineide Alencar

Local: Praça da Liberdade

A Poetisa cordelista e trovadora da cidade de Dourados/MS declama os cordéis – 700 Luas em cordel, Crendices do MS e no mundo do Pantanal.

9h

Patrimônio Cultural

Alessandro Riquelme Ribeiro

Local: CMU

A vivência em Capoterapia, em forma de dinâmica cultural, convida o público a conhecer técnicas de capoeira aliadas ao bem estar dos idosos. Movimentos simples e lúdicos fazem com que a capoeira seja vista como uma forma de integração e exercício físico para melhor idade.

9h às 18h

Festival Bonitinho

Local: CMU

O Festival Bonitinho veio pra ficar. Com uma programação voltada para toda família, pretende fazer desse sábado um dia memorável. Hoje tem brincadeiras, música e muita diversão. Então prepare-se para mais um dia de Festival Bonitinho! 

9h às 11h 

Futevôlei

Yoga

Beach tênis 

Trinca de Basquete 

Jogos de mesa

Recreação Tobogã

Tênis de mesa

Jogos de mesa

15h às 17h

Vôlei de areia

Futmesa

Futebol

Chute a gol, lonas de jogos gigantes

Tênis de mesa

Ginástica

Muytai

Slackline

Skate

Jogos de mesa

9h às 11h e das 13h às 16h

Brincadeiras com Ruano

Com o objetivo de proporcionar uma vivência lúdica para as crianças que participarão do Festival Bonitinho, Ruano Filartiga, promoverá uma série de brincadeiras, jogos teatrais, resgatando o prazer do brincar. Não só a criançada, mas também os adultos estão convidados para participar.

16h 

Dança e Coral do Projeto Garoto Cidadão

A bordo do Caminhão Palco da CSN, o corpo de Dança e o Canto Coral do projeto Garoto Cidadão de Bonito participarão do Festival Bonitinho com uma bela apresentação de suas crianças para as crianças e adultos presentes, porque “Transformação social, se faz por meio da expressão cultural”.  

17h

Dança Breaking e suas vertentes

18h

Palavra cantada

13h30

Patrimônio Cultural

Brincadeira de Angola – Capoeira

Antônio Marcos Lacerda de Lima (Mestre Liminha)

Local: CMU

“A vivência “Brincadeira de Angola” será conduzida pelo mestre Liminha e um auxiliar, onde será aplicada as técnicas da capoeira de forma lúdica conforme a metodologia “Brincadeira de Angola”, que se baseia em movimentos da capoeira “imitando” movimentos de animais a fim de envolver as crianças participantes. A vivência é feita com músicas de capoeira e do folclore local, os movimentos são simples e divertidos como uma brincadeira propriamente dita, em que a criança sem perceber, está replicando movimentos clássicos da capoeira usados por profissionais em uma roda de capoeira. No “faz-de-conta”, a criança vai agregando aspectos culturais da capoeira e da cultura afro-brasileira, criando memórias afetivas dessa rica expressão artística.

14h30

Teatro

O príncipe poeira e a flor da cor do coração 

Local: Caixa Cênica – R. Filinto Muller, 1905, Centro

Um garoto descobrindo o seu primeiro amor… Uma menina obcecada por uma rosa vermelha… Uma andorinha amarela… Uma escola rígida… e uma criança que nasceu diferente. “O Príncipe Poeira E A Flor Da Cor Do Coração” surgiu de um mergulho no universo do escritor e dramaturgo inglês Oscar Wilde. Inspirado pelo espírito clássico e romântico dos contos “O Príncipe Feliz” e “O Rouxinol E A Rosa”.

15h

Literatura

Aurineide Alencar

Local: Praça da Liberdade

A Poetisa cordelista e trovadora da cidade de Dourados/MS declama os cordéis – 700 Luas em cordel, Crendices do MS e no mundo do Pantanal.

15h às 20h

Música

Folk na rua 

Locais: Ruas e praças de Bonito 

Intervenção artísticas de música urbana que pode acontecer a qualquer momento nas ruas de Bonito. Deixe se envolver e  se encantar com nossa música, nossos ritmos. 

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

Nos cinco dias do Festival de Inverno de Bonito/ 2023, o público vai poder apreciar o melhor da música produzida por talentos locais. Entre bandas e artistas solo, trios ou demais combinações, com várias formas, performances e estilos, mais de 25 músicos revezam no palco para oferecer um repertório com ritmos que passam pelo rock, pop, mpb, samba, rap, música regional e sertanejo. Entre Palcos e Música é a temática do coletivo bonitense que traz todo o talento de Daniela De Oliveira, voz, Josimar Trindade, violão, Eduan Coelho na percussão e na sequência vem a cantora Telma Cordeiro que convida Marcia Cordeiro, voz, Beto Cordeiro, voz, Vitor Lima no acordeon, Josimar Trindade, violão e Eduan Coelho na bateria.

16h às 17h

Audiovisual

Local: Câmara Municipal de Bonito

Dúdú e o lápis cor da pele

Dudu é um garoto negro, inteligente e imaginativo, estudante de um colégio particular da classe média de São Paulo. Durante uma aula de educação artística, sua professora, Sônia, diz a ele que utilize o que ela chama de “lápis cor da pele” para pintar um desenho. A frase desperta em Dudu uma crise de identidade. Com toda a inocência de uma criança da sua idade, Dudu passa a carregar o lápis em questão consigo para encontrar alguém que possa sanar seus questionamentos.

Classificação: Livre

A coisa tá preta

O média mostra como o racismo – velado e explícito – se manifesta nas mais diversas relações sociais e transforma situações cotidianas em desafios a serem superados por pessoas negras.

Classificação: Livre

16h

Literatura

Fernanda Reverdito

Local: Praça da LIberdade

A tataraneta do fundador da cidade, Luiz da Costa Leite Falcão, reuniu diversas memórias familiares dos tempos em que Bonito nem era Bonito. A contação de histórias que realiza é uma apresentação lúdica e poética com objetos, instrumentos musicais, contando estórias que levam o ouvinte a conhecer os longínquos tempos do antigo Rincão Bonito.

16h

Literatura

Raquel Naveira e Douglas Diegues

Local: Lounge Literário

Os autores conversam sobre suas obras, a influência da fronteira, a linguagem e os caminhos da literatura sul-mato-grossense.

16h

Patrimônio Cultural

Coletivo Capoeira

Local: Praça da Liberdade

A roda tradicional de capoeira será conduzida pelo Contramestre Jardel. Montada com a bateria de instrumentos tradicionais, professores, mestres e alunos se encontrarão para o jogo, vão tocar ladainhas e mostrar seus movimentos e acrobacias distintas dessa arte.

16h às 19h30

Circuito Comunidades 

Com uma programação especial, o Festival de Inverno de Bonito chega ao Distrito Águas do Miranda que fica a 70 quilômetros de Bonito. Nessa comunidade vai rolar circo, dança, audiovisual e música. 

17h30

Dança

Luna de Miel – La Mira Artes Cênicas

Luna de Miel retrata a história de um casal de palhaços que, após o casamento, saem para a lua de mel. Nessa jornada vão passar por inúmeras aventuras que nos farão descobrir que o amor e o humor são os melhores antídotos para as dificuldades.

18h30

Audiovisual

Dúdú e o lápis cor da pele

Dudu é um garoto negro, inteligente e imaginativo, estudante de um colégio particular da classe média de São Paulo. Durante uma aula de educação artística, sua professora, Sônia, diz a ele que utilize o que ela chama de “lápis cor da pele” para pintar um desenho. A frase desperta em Dudu uma crise de identidade. Com toda a inocência de uma criança da sua idade, Dudu passa a carregar o lápis em questão consigo para encontrar alguém que possa sanar seus questionamentos.

Classificação: Livre

19h30

Música

Leo Verão

17h

Circo

O Grandioso Mini Cirquin nas Arábias – Circo do Mato Grupo de Artes Cênicas

Local: Praça da Liberdade

17h

Gastronomia

Gastronomia Prosa e Sabores

Roda de conversa – prosa e sabores

Local: Lounge Gastronômico

Mediação Chef Paulo Machado

Convidados: Chef Felipe Caran, Chef Juanita e Chef Sylvio Trujillo

Prato: Banda de pacu sem espinhos na crosta de queijo caipira curado; e farofa crocante de Bocaiúva com maracujá.

17h

Literatura

Renan Quinalha

Local: Lounge Literário

Com mediação de Henrique Dias, Renan fará um bate-papo com João spot e Roberta Stefanello, além de lançar o livro “Novas Fronteiras das Histórias Lgbt+ no Brasil”; os artigos deste livro, divididos em três fronteiras (históricas, territoriais e temáticas), expõem as formas pelas quais as pesquisas LGBTI+ avançam e ampliam a compreensão sobre as dissidências de gênero e sexualidade no país.

18h

Teatro

Miragens do asfalto – Teatro Imaginário Maracangalha 

Local: Praça da Liberdade

O Teatro Imaginário Maracangalha traz para a cena um espetáculo de rua com vídeo mapping – pesquisa etnográfica itinerante e performativa com base em documentação histórica e memória oral da comunidade de trabalhadores e trabalhadoras da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil.

18h30 às 21h

Hip Hop / Live Paint com graffiti

Vermeset

Ravnos Rodrigues

Rafael Mareco

BTN

Local: Praça da Liberdade

Uma intervenção no espaço urbano por meio da arte, fora dos circuitos consagrados e para o povo. Exploram narrativas da cidade, questões diversas que atravessam a realidade social, propondo críticas e reflexões por meio das formas, cores e traços que traduzem as vivências da rua.

19h30
Dança

Figural – Maria Eugênia

Local: Palco da Praça

O espetáculo se constrói por meio de um rico vocabulário de movimentos que  desencadeia em uma prosa corporal sobre os arquétipos da humanidade. As danças mascaradas somam-se à teatralidade e musicalidade, formando um conjunto de sensações no público: sente-se ora a comicidade e despojamento, ora a solenidade e austeridade.

20h30

Hip Hop

Coletivo Subúrbio

A Rua é o palco!

Local: Praça da Liberdade

Carregado de essência da Cultura Hip Hop e exaltando alguns de seus elementos por meio da performance “A Rua é o palco”, o coletivo fará uma viagem no tempo por meio da música, relembrando a história dessa Cultura, diretamente dos Subúrbios e guetos, originária de pretos e latinos que por meio da arte, encontraram novos rumos para seus destinos. Poesia, rap, batalha de rima, breaking e muita música.

21h

Música

Falange da Rima

Local: Palco das Águas

22h30

Música

Emicida

Local: Palco das Águas

00h30

Música

Juliana Linhares

Local: Palco CMU

FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

FIB 2023 – PROGRAMAÇÃO

DOMINGO (27/08)

8h30

Stand da Cidadania

Local: Praça da Liberdade

1º Encontro com mulheres indígenas

Com o objetivo de resgatar a essência ancestral e valorizar suas raízes culturais, a Subsecretaria Indígena promove um encontro com mulheres de diversas etnias. 

9h às 17h

Festival Bonitinho

Local: CMU

O último dia do Festival de Inverno de Bonito te convida para sorrir e se exercitar. Hoje tem circo com o New York Cirkus e tem muitas atividades recreativas e esportivas. 

9h às 11h 

Futevôlei

Yoga

Beach tênis 

Trinca de Basquete 

Jogos de mesa

Recreação Tobogã

Tênis de mesa

Jogos de mesa

9h às 11h e das 13h às 16h

Brincadeiras com Ruano

Com o objetivo de proporcionar uma vivência lúdica para as crianças que participarão do Festival Bonitinho, Ruano Filartiga, promoverá uma série de brincadeiras, jogos teatrais, resgatando o prazer do brincar. Não só a criançada, mas também os adultos estão convidados para participar.

15h às 17h

Vôlei de areia

Futmesa

Futebol

Chute a gol, lonas de jogos gigantes

Tênis de mesa

Ginástica

Muytai

Slackline

Skate

Jogos de mesa

16h 

16h

Circo

O Circo Chegou – New York Cirkus

New York Cirkus apresenta um espetáculo genuinamente regional que traz para o palco a magia circense com objetivo de reviver e envolver as crianças, jovens e adultos nesse encantamento. A Família Perez, conhecida por toda sua tradicionalidade vem desta vez, apresentar  “ O Circo chegou” que conta com uma trupe de artistas, Palhaço, Malabarista resgatando de maneira lúdica e tradicional o Circo de lona de Mato Grosso do Sul.

15h às 17h

Audiovisual

Local: Câmara Municipal

“BANHO DE SÃO JOÃO NAS ÁGUAS DO RIO PARAGUAI

O Ritual de dar banho na imagem do São João é um ato de fé e devoção. Acontece há mais de cem anos nas cidades de Corumbá e Ladário, situadas no Pantanal de Mato Grosso do Sul. O Documentário Banho de São João nas Águas do Rio Paraguai narra, por meio da voz dos festeiros, a importância dessa festa, reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil em 2021. A festa acontece no dia 23 de junho, véspera de São João, quando a água do rio adquire propriedades mágicas.

Classificação: Livre

15h

Literatura

Contação de Histórias

Guilherme Santos Lemes (Guigas)

Local: Praça da Liberdade

A apresentação tem como personagens principais as figuras saltitantes da beira da lagoa, enaltecendo a cultura da tradição oral, as cantigas e as brincadeiras que aguçam o imaginário e o ser brincante que há em cada de um nós.

15h30

Música

Espaço Cultural Bonito MS “Nosso espaço, nossa liberdade. Bora pra praça cantar”

Local: Praça da Liberdade

Nos cinco dias do Festival de Inverno de Bonito/ 2023, o público vai poder apreciar o melhor da música produzida por talentos locais. Entre bandas e artistas solo, trios ou demais combinações, com várias formas, performances e estilos, mais de 25 músicos revezam no palco para oferecer um repertório com ritmos que passam pelo rock, pop, mpb, samba, rap, música regional e sertanejo. Para encerrar a participação do coletivo de músicos de Bonito, o tema da tarde é “Liberdade Na Cabeça, Música No Coração” se apresentam Conexão das Crew, tendo nos vocais Grz/Mc, Php,Doug Dog e Mks e na sequencia quem ocupa o espaço é Criado na voz e violão, João Morel na percussão, Lorena Riquelme, voz e violão e os músicos convidados Rhuan Carlos na voz e violão acompanhado por João Morel na Percussão.

16h

Literatura

Rubênio Silvério Marcelo

Local: Lounge Literário

Os costumes e a linguagem da literatura sul-mato-grossense

A literatura sul-mato-grossense e sua expressão cultural no idioma e costumes, ao longo do tempo, refletem aspectos da nossa identidade local. Essa reflexão sobre estilos da linguagem literária expõe a importância dos escritores do Mato Grosso do Sul para a valorização e a difusão da cultura e tradições do Estado, e para a autoestima e conhecimento da população no tocante a hábitos e história linguística de nossa região.

16h às 19h30

Circuito Comunidades 

O Circuito Comunidades chega dessa vez ao Assentamento Guaicurus com alegria, circo, dança, teatro, audiovisual e música. 

16h

Circo

Requebra torto

Cia Apoema

Local: Assentamento Guaicurus

17h

Audiovisual

Dúdú e o lápis cor da pele

Local: Assentamento Guaicurus

Dudu é um garoto negro, inteligente e imaginativo, estudante de um colégio particular da classe média de São Paulo. Durante uma aula de educação artística, sua professora, Sônia, diz a ele que utilize o que ela chama de “lápis cor da pele” para pintar um desenho. A frase desperta em Dudu uma crise de identidade. Com toda a inocência de uma criança da sua idade, Dudu passa a carregar o lápis em questão consigo para encontrar alguém que possa sanar seus questionamentos.

Classificação: Livre

17h30

Teatro

Manual de Barro II – Concerto a céu aberto para solos de objetos

Local: Assentamento Guaicurus

18h30

Música

Canaroots

Local: Assentamento Guaicurus

17h

Dança

La luna de miel

La Mira

Local: Praça da Liberdade

Luna de Miel retrata a história de um casal de palhaços que, após o casamento, saem para a lua de mel. Nessa jornada vão passar por inúmeras aventuras que nos farão descobrir que o amor e o humor são os melhores antídotos para as dificuldades.

18h

Teatro

Jaity Muro

Local: Fundação de Cultura – Rua Pérsio Schaman, s/n

Jaity, na língua kaiowá, significa “derrubamos” ou “derrubemos”. O espetáculo/performance Jaity Muro nasce do desejo de uma criação artística intercultural e parte da experiência pessoal de duas mulheres, uma kaiowá e outra não indígena, com a cidade de Dourados/MS, acreditando na premissa feminista de que “o pessoal é político”. As vivências com o espaço/tempo inscritas no corpo das

performers ganham um espaço de elaboração narrativa, e revelam diferenças e semelhanças entre o espaço urbano douradense e o espaço da reserva 

indígena.

18h30

Hip Hop

“Cypher Meio Século” – We Love To Rock

Local: Praça da Liberdade

Celebrar os 50 anos de existência da cultura Hip Hop, em um espetáculo que apresenta o conceito de “CYPHER” palavra que vem do alfabeto árabe (sifr ou صفر), e significa zero. No hip-hop, a cypher se originou na dança, mais especificamente no Breaking, com os b-boy e b-girls que dançavam no centro de círculos formados pela galera que assistia.

19h

Dança

O que sinto por você? – Associação Cultural Cia do Mato

Local: Caixa Cênica – R. Filinto Müler, 185 – Centro

O espetáculo é resultado do trabalho da Cia do Mato com a bailarina e coreógrafa mineira Rosa Antuña. Por meio de investigações dos corpos e suas narrativas, questões da individualidade são abordadas, evidenciando o corpo social como um organismo completo: por vezes fluido, por vezes em conflito, infixo. Assim, aspectos da ancestralidade são aflorados, de modo a evidenciar histórias enraizadas como meio de respostas para as investigações de quem somos e como existimos, enquanto indivíduos e enquanto corpo social.

20h

Música

Trio Parada Dura

Local: Palco das Águas

Oficinas

Oficina de Artesanato regional

Apresentar a técnica de modelagem em massa-fria na produção de bichos do Pantanal, buscando a valorização da fauna pantaneira.

Ministrante: Rodrigo Avalhaes Marçal

Técnica: modelagem    

Matéria-prima: massa-fria (biscuit)   

Período: 23 a 26 de agosto

Horário: 18h às 21h

Local: Praça da Liberdade/ pavilhão artesanato

N.º de participantes: 15

Carga Horária: 12h

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/massa-fria-biscuit/2109095

Oficina de Macramê

Demonstrar a técnica de macramê e valorizar a beleza da flora presente no Mato Grosso do Sul.

Ministrante: Isabella Corsini Rezende da Costa

Técnica: macramê

Matéria-prima: fio encerrado e pedraria.

Período: 23 a 27 de agosto

Horário: 14h às 17h

Local: Praça da Liberdade/ pavilhão artesanato

  1. º de participantes: 15

Carga Horária: 15h

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/preview/106043752768df103e4c5e3b0560f9d2

Oficina de Entalhe em Madeira

Apresentar a técnica de esculpir em madeira, animais da fauna pantaneira.

Ministrante: Nilson dos Santos

Técnica: esculpir

Matéria-prima: madeira

Período: 23 a 26 de agosto

Horário: 8h às 11h

Local: Fundação de Cultura – Rua Pérsio Schaman, s/n

  1. º de participantes: 10

Carga Horária: 12h

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/escultura-em-madeira/2109156

Oficina de Viola de Cocho

Apresentar as técnicas de produção artesanal da viola de cocho, buscando valorizar as manifestações culturais tradicionais.

Ministrante: Sebastião de Souza Brandão

Técnica: esculpir

Matéria-prima: madeira

Período: 23 a 26 de agosto

Horário: 8h30 às 11h30

Local: E.E Bonifácio Camargo Gomes – Rua 31 de Março, 1839

  1. º de participantes: 10

Carga Horária: 9h

Oficina de Artesanato em Fibras Naturais

Apresentar as técnicas no preparo e produção de peças artesanais utilizando fibras naturais.

Ministrante: João Gomes da Silva

Técnica: trançado

Matéria-prima: fibras naturais

Período: 23 a 26 de agosto

Horário: 8h às 11h – 14h às 17h

Local: Fundação de Cultura – Rua pérsio schaman, s/n

  1. º de participantes: 15

Carga Horária: 24h

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/fibras-naturais/2109160

Workshop Moda

Tema: “Brasil Eco Fashion Week: uma reflexão sobre modelos de negócios sustentáveis para a Moda”

Ministrante: Ana Sudano

Data: 25 de agosto

Horário: 19h

Duração: 2h

Local: Sala de reuniões Sectur – Prefeitura Municipal de Bonito. Rua Coronel Pilád Rebuá, 1780. Centro.

N.º de participantes: 15

Não é necessário fazer inscrição. Comparecer no dia e horário. 

Oficina de Fotografia Subaquática

Bonito – Mato-grosso-do-sul destaca-se no cenário internacional por suas águas cristalinas que permitem descobrir um mundo subaquático fascinante. Fazer bons registros fotográficos para compartilhar os momentos vividos sob esse mundo aquático é uma oportunidade de compartilhar as experiências que Bonito oferece e também de encantar novas pessoas. Aprenda os princípios básicos da fotografia, o uso de equipamentos subaquáticos e técnicas de pós-produção para garantir cliques de qualidade. 

Ministrante: Luiz Felipe Mendes

Técnica: Fotografia

Período: 24 e 25 de agosto

Horário: 9h às 12h

Local: Lounge Literário (24/08)/ Nascente Azul (25/08)

  1. º de participantes: 6

Carga Horária: 6h

Inscrição:

8h

Artes Visuais 

Gejo Tapuya

Vivência artística: STENCIL ART IN PLANO

Local: Núcleo de Artes Visuais no Instituto Internacional Visão de Vida na Rua das Flores, 1276, Centro 

FALTA FOTO 

25 e 26/08

8h30 às 10h30

Arte Educação

Lúcia Mont Serrat Alves Bueno

Local: Instituto Família Legal – Av. Paulo VI, 41 – Bnh (25/08)

          Escola BCG – R. Trinta e Um de Março – Centro (26/08

Oficina de experimentação com aquarela tem caráter introdutório, com a apresentação das propriedades da aquarela e as possibilidades que ela apresenta através da interação com outros materiais. Como componentes criativos, a oficina utilizará a memória afetiva dos participantes e os diversos elementos que compõem o patrimônio cultural da cidade de Bonito – suas lendas, histórias e memórias.

25/08

Dança

09h às 11h

Oficina Danças Brasileiras/Maria Eugênia Tita

Local: CMU (Centro de Multiplo Uso – Av. Paulo VI, 50 – Bnh(Vila Recreio, Jardim Andreia), Bonito – MS)

O lúdico, o folclore e a consciência corporal são os pilares da oficina “Danças Brasileiras ministrada pela dançarina, coreógrafa e diretora cênica Maria Eugênia Tita. Por meio dos passos de dança de Cavalo Marinho, as danças em redemoinho do Maracatu Rural e movimentações dos Batuques, a professora natural de São Paulo (SP) trabalhará a identificação dos fundamentos e dinâmicas de jogos e brincadeiras dos ritmos, a pluralidade artística e diversidade de linguagens das manifestações culturais do país

A oficina é voltada para alunos de 14 a 50 anos. 

São 30 vagas disponíveis. Interessados podem se inscrever pelo

link: https://forms.gle/qRXCqbi6T2HuCjK3A 

25/08

9h

Arte Educação

Thaise Paré Dias e Lana Aquino Guedes de Mendonça

Local: Águas do Miranda

A oficina consiste em ensinar o aluno a fazer fotos incríveis usando o celular. Entender e aprender os principais conceitos de uma boa fotografia, saindo do modo automático de fotografar e começando a usar o olhar, ganhando assim, mais controle sobre as imagens que produz. O básico bem feito fará com que o aluno entenda melhor a fotografia e a pratique de forma simples e criativa.

25/08

13h30 às 15h30

Oficina de Teatro

Genifer Gerhardt

Local: Casa da Memória Raída (Rua 29 de maio, 913 – Centro)

Pequenas histórias e encantamentos do olhar

“O que cabe no pequeno? Qual o instante de um olhar? Escuta de histórias e mergulho na miniatura como proposta cênico-poética. O pequeno como portal de grandezas; o ínfimo como portador de encantos. Uma escuta sensível entre participantes com suas histórias e potências, onde cada pessoa sai com uma miniatura criada por si como recordação do momento, das histórias e dos instantes.

A oficina gratuita voltada para professores, arte educadores, artistas de teatro e bonequeiros e demais interessados que tenham afinidade ou curiosidade.. 

São 30 vagas disponíveis. Interessados devem fazer a inscrição pelo link: https://forms.gle/cPLVKNaEQVorNHj88

25 a 27/08

9h às 12h

Audiovisual

Oficina de Produção de Vídeos de Skate

Frederico de Almeida Campos

Elio Angelo

Cleverson Rojas

Aulas de análise de vídeos, estudo dos principais filmes de skate da história e de MS, técnica de filmagens, aulas práticas com captação de imagens de skate e edição de vídeo em aplicativos para celular.

COZINHA SHOW

DIA 24/08 – QUINTA-FEIRA

Evento de Abertura:

17H – CHEF PAULO MACHADO E CHEF SYLVIO TRUJILLO – Bonito/MS e CHEF SENAC – Docente SENAC – Campo Grande/MS

Prato: COMIDA DE COMITIVA – MACARRÃO PANTANEIRO

Capacidade: 150 pessoas

DIA 25/08 – SEXTA-FEIRA

16H – CHEF LEONARDO ZORNITTA – Docente SENAC – Campo Grande/MS

Prato:  Dadinho de abóbora com Queijo Nicola

17H – CHEF VILMA DE OLIVEIRA COENGA – RIO DA PRATA/ ESTÂNCIA MIMOSA – Bonito/MS

Prato: Sopa Paraguaia do Recanto Ecológico Rio da Prata

18H – CHEF CAMILA WILLIG – Docente SENAC – Campo Grande/MS

Prato: Risone de Comitiva

DIA 26/08 – SÁBADO

10H – CHEF CAMILA WILLIG – Docente SENAC – Campo Grande/MS

Oficina KIDS (Crianças de 9 a 14 anos – 35 crianças)

Prato: Cake Pop

16H – CHEF GABRIEL CRISTOFORO – Bonito /MS  

Prato: Pintado ao Urucum

17H – RODA DE CONVERSA – PROSA E SABORES

Mediação: Chef Paulo Machado

Convidados: Chef Felipe Caran, Chef Juanita e Chef Sylvio Trujillo

18H – CHEF LEONARDO ZORNITTA – Docente SENAC – Campo Grande/MS

Prato: Mil folhas de mandioca com redução de puchero e crocante de carne seca

Capacidade: 50 pessoas cada oficina
Inscrições: No Local

ESTANDES

10h às 22h

Moda/Gastronomia/Literatura

Local: Praça da Liberdade

Comercialização da moda autoral de MS, Gastronomia e Literatura

10h às 22h

Cidadania

Espaço da Cidadania

Local: Praça da Liberdade

Promover a conscientização, informação e engajamento dos participantes sobre questões relacionadas à cidadania, igualdade, inclusão social e diversidade. O stand terá um espaço interativo e educativo capaz de inspirar os visitantes a se envolverem ativamente em questões relacionadas à Cidadania e na construção de uma sociedade mais justa e equitativa.

10h às 22h

Patrimônio Cultural

Tenda dos Saberes Tradicionais

Local: Praça da Liberdade

Privilegiando a cultura Indígena e Quilombola a Tenda dos Saberes Tradicionais é um espaço onde será disponibilizado para venda artesanatos e pratos tradicionais. O objetivo é valorizar e dar visibilidade aos saberes e práticas culturais indígenas e quilombolas, promovendo o intercâmbio de culturas presentes no estado Mato Grosso do Sul.

10h às 22h

Literatura

Economia Criativa

Local: Praça da Liberdade

A criatividade das pessoas sempre existirá, assim como sua cultura e história. A partir disso, diversas ideias e expressões culturais e artísticas são eternizadas nos livros. A possibilidade de termos essas sensações durante a fruição, a leitura nos traz. Aqui no espaço é possível apreciar livros de todos os gêneros, dialogar e conviver com outros leitores. No Festival de Inverno a Economia Criativa terá um espaço para venda de livros das seguintes editoras: Editora Arrebol Coletivo – Dourados; Vida Produções – Campo Grande; Editora Elmo Negro – Corumbá; Coletivo QuaC – Campo Grande; Editora Telha e Chiado Books.

10h às 22h 

Economia Criativa

Local: Praça da Liberdade

Comercialização de produtos originários

10h às 22h

Artesanato

Local: Praça da Liberdade

Exposição do Artesanato de Mato Grosso do Sul

Espaço Mãos que Criam (demonstração do fazer artesanal dos Mestres artesãos de Bonito e Mato Grosso do Sul)

10h às 22h

Artes Visuais

Exposição Coletiva “Aspectos da Cor”

Terrozin das Artes,  Julian Vargas, Dudu Azevedo, Wendel Fontes,  James  Cáceres, Suélen Becker, Edson Castro, Iuri Dias, Anelise Godoy e Telma Cordeiro

10 às 22h

Artes Visuais

Vivência Artística

JEFFERSON RECALDI CORREA

CELAIR RAMOS PERALTA

ELIAS BRANDÃO DE AQUINO

MARIA ANGÉLICA CHIANG

KIMBERLY WEISS CALVES

MARIA CAROLINA FERREIRA DE SOUSA

ELIANE FRAULOB MATOS

LUANA TAMINATO ROQUE

FERNANDO ANGHINONI

WILFREDO BRAVO ROMERO

INTERVENÇÕES

23 a 27/08

9h às 17h

Hip Hop/Graffiti (MG)

Local: R. Cel. Pílad Rébua, nº 1906

Fênix

A artista autodidata Fênix, cujas raízes são uma fusão de ascendência cearense e mineira, utiliza sua arte para honrar essa diversidade cultural. Desde 2016, ela deixa sua marca na cena artística urbana em Minas Gerais. Sua abordagem destaca a força das culturas afro e indígena, transmitindo mensagens de união e equilíbrio. Cada projeto é meticulosamente elaborado para resgatar a essência ancestral e valorizar suas raízes culturais.

25 e 26/08

10h às 22h

Palco Mundo Eletrônico

  1. Antônio Aley – Bnh (Vila Recreio, Jardim Andreia)

Sexta-Feira (25/08) 

12:00 – André-X vs Nik Ros 

14:00 – Fabrício Cabi vs Bruno Lino 

16:00 – MURPHY vs MANDRAKS (4Decks) 

20:00 – Najja vs Goccia * NEGRITO (Atrações Nacionais) 

Sábado (26/08) 

12:00 – Lure 13:30 – Hadbox 

15:00 – ROSA VENTURA 

17:30 – BURN IN NOISE 

19:00 – Keertana vs Teruah 

21:00 – Yantrax

15h às 20h

Música

Folk na rua 

Locais: Ruas e praças de Bonito 

Intervenção artísticas de música urbana que pode acontecer a qualquer momento nas ruas de Bonito. Deixe se envolver e  se encantar com nossa música, nossos ritmos.