O dramaturgo Walcyr Carrasco, que esteve em Mato Grosso do Sul no início do mês de agosto, confirmou a gravação de “Terra Vermelha”. O título que é provisório e deve abordar a temática do agronegócio, já está dando o que falar na cidade ao virar meme em postagens nas redes sociais locais.

O perfil ‘Dourados Mil Grau’, que faz sátiras por meio de suas publicações bem humoradas, aproveitou o anúncio feito pelo autor global para sugerir alguns personagens. Entre nomes apontados está o da senadora Soraya Tronicke, que foi candidata pelo DEM à presidência da República pelo União Brasil.

Além da senadora, a publicação também ironiza o indígena candidato a governador Magno Alves (PCO) e também a ex-prefeita Délia Razuk (sem partido), e os gêmeos Faísca e Fumaça, considerados moradores ilustres de Dourados.

Trama é inspirada na infância do dramaturgo

A confirmação de Dourados como cenário da novela global feita durante uma entrevista ao colunista Daniel Castro, do site Notícias da TV. Nela o dramaturgo disse que a trama é inspirada na sua infância, quando fez algumas visitas a um tio dono de uma propriedade na cidade.

“Era uma terra excelente para o cultivo, que fazia a agricultura render. Meu tio não ganhou dinheiro. A terra vermelha nunca saiu da minha imaginação”, disse Carrasco, ressaltando tratar-se de “uma história de família, uma história de amor, de luta. É surpreendente, simplesmente porque a emoção humana sempre é surpreendente”.

Autor global disse que novela é inspirada na sua infância (Foto: Divulgação)

De olho na cultura e nas paisagens de MS

Com o título provisório de “Terra Vermelha”, o folhetim ainda não tem previsão de estreia, mas, conforme divulgado pela colunista Patrícia Kogut, o renomado autor Walcyr Carrasco sonda MS em busca de locações para sua próxima obra e Dourados parece ter sido a cidade escolhida.

Segundo a colunista Carla Bittencourt, Walcyr Carrasco está de olho na cultura e nas paisagens de Mato Grosso do Sul para a trama que ele pretende escrever para o horário das 21 horas. Conforme Carla, a região de Bonito e as crenças do povo indígena Terena estão na mira do autor. Em especial, a lenda das 700 luas seria o maior interesse de Walcyr para sua nova história.