Musa do Afro Pop nacional, Margareth Menezes é atração do Palco Rio Paraguai, no FASP

| 27/05/2022
- 19:12
Musa do Afro Pop nacional, Margareth Menezes é atração do Palco Rio Paraguai, no FASP

Alguns anos depois, Margareth Menezes retorna ao MS e fará um show nesta sexta-feira, 27, em Corumbá - MS que promete marcar o 16o Festival America do Sul . Com 35 anos de carreira, que se completa em 2022, de grandes contribuições para a música brasileira, axé é o que não vai faltar em sua apresentação.

Com horário previsto para às 00h40 da manhã,  o show será realizado no Porto Geral, à beira do no palco que recebe o mesmo nome.  Quem abre o Palco Rio Paraguai é o todo talentoso Begèt de Lucena, com apresentação prevista para às 23h30.

IMG 20220527 WA0043 - Musa do Afro Pop nacional, Margareth Menezes é atração do Palco Rio Paraguai, no FASP
Margareth Menezes em entrevista agora pouco - Fotos Leandro Marques

Maga no Pantanal

Pela primeira vez no Festival América do Sul Pantanal, em entrevista coletiva, ela revelou que sua referência de música pantaneira vem através de Tetê Espindola. "Ela trazia um encanto na música, daqui da região do Pantanal e quando vim aqui pela primeira vez fiquei encantada pela beleza e pela cultura. Agora voltando pro Festival, esse Festival grandioso, com esse desdobramento de fazer essa ligação com outros países e trazer tantas expressões da nossa arte, da nossa música", exalta ela.

Musa da música, primeira a misturar sonoridades com referências africanas, 'Maga' é criadora da música Afro Reggae no Brasil, com a emblemática música 'Faraó, de 1987, que está viva até hoje no repertório dos brasileiros. Além desse grande marco, a artista acumula 23 turnês internacionais e quatro indicações ao Grammy. Em 2004, foi chamada de a "Aretha Franklin brasileira" pelo jornal Los Angeles Times, mas sua essência está nas referências das cantoras femininas que inspiraram sua identidade artística, como Ângela Maria, Clara Nunes e Zezé Motta.

Reinventado sua carreira e atualizada ela se conecta com as novas gerações se aliando aos artistas da nova geração, em parcerias interessantíssimas como com o Baiana System, Matuê, Zé Ibarra, entre outros.

Para o show de hoje o que se espera é muita energia e axé baiano, desta que é um verdadeiro patrimônio da música nacional.

Acompanhe o 16o Festival América do Sul Pantanal pelo @festivalamericadosulpantanal

Veja também

Crimes e mortes que marcaram Mato Grosso do Sul serão relembrados pelo Jornal Midiamax

Últimas notícias