“Uma Leitura Dos Búzios” teve sua estreia em 18/11 no Teatro Antunes Filho, no Sesc Vila Mariana, em São Paulo, e nosso conterrâneo Vinícius Barros integra o elenco. Intitulado por Marcio Tito como “um dos grandes acontecimentos do final de 2022″, o espetáculo tem o propósito de recontar a história da Conjuração Baiana, trazendo a importância das lutas de vidas pretas no processo de “independência” do Brasil. O  texto é de Mônica Santana e Marcio Meirelles assina a direção e a encenação.

“Me sinto muito feliz em trabalhar para que a história do nosso país seja recontada, valorizando a cultura afrocentrista, que é parte fundamental do Brasil e que tem tantas tecnologias ancestrais incríveis a nos ensinar”, conta Vinícius, enfatizando o termo “tecnologias ancestrais” que foi trazido ao seu vocabulário pela cantora e atriz convidada Nara Couto, também integrante do elenco.

Espetáculo fica em cartaz até o dia 29 de janeiro – foto: Tiago Lima

A escolha do elenco aconteceu a partir de um processo de seleção intenso. Mais de 540 inscritos. 120 foram selecionados para participar de oficinas, dos quais 17 foram escolhidos para se juntar a 10 atores convidados, assim compondo o elenco com 27 atores e 3 músicos, em maioria pretos e baianos. “Como único campo-grandense da equipe, cabe a mim a função de sempre dizer um SUL, quando falam: ‘Lá no Mato Grosso…’ e fazer com que experimentem Tereré pelo menos uma vez”.

Tratar sobre racismo requer estudo e informação de qualidade, que foi oferecido durante a maratona de ensaios. Todos tiveram aprofundamento em Dança Afro com Tainara Cerqueira, em Percussão com Alysson Bruno e Ícaro Sá, além de palestras com a historiadora referência Patrícia Valim. “Nós, pessoas brancas, mal sabemos o que significa ser branco em uma país que tem uma história como a nossa” afirma Vinícius, que completa ainda com uma citação de Jhonnã Bao, atriz preta que também integra o elenco, “Muitas vezes essa responsabilidade fica sempre por parte da comunidade preta, de forma até professoral, e com toda certeza desgastante”.

Foto: Tiago Lima

Em cartaz até 29 de Janeiro de 2023 em “Uma Leitura Dos Búzios”, no Sesc Vila Mariana, Vinícius se mostra feliz com o caminho que vem trilhando. Sua estreia nos palcos paulistanos aconteceu em agosto deste ano, no Theatro Munincipal de São Paulo, com a ópera “O Cavaleiro Da Rosa”. Termina afirmando que ficaria muito animado de encontrar conterrâneos sul-mato-grossenses na plateia do Teatro Antunes Filho, “No fim quero dar um abraço em vocês”.

Uma Leitura dos Búzios

Quando: de 18 de novembro a 29 de janeiro de 2023
Horário: quinta a sábado, 21h; domingo, às 18h.
Onde: Teatro Antunes Filho – Sesc Vila Mariana.
Endereço: Rua Pelotas, 141, Vila Mariana – São Paulo.

Ficha Técnica

Direção e Encenação: Marcio Meirelles. Texto: Mônica Santana. Direção musical: João Milet Meirelles. Direção de Movimento: Cristina Castro. Equipe artística: Gustavo Melo Cerqueira, Rafael Grilo, Adriana Hitomi, Grissel Piguillem.

Elenco: Amaurih Oliveira, Angélica Prieto, Arara Xestal, Cainã Naira, Chica Carelli, Clara Paixão Sales, Clara Torres, David Caldas, Ella Nascimento, Emira Sophia, Igor Nascimento, Jackson Costa, Jhonnã Bao, Júlio Silvério, Loiá Fernandes, Lucas Tavlos, Lúcio Tranchesi, Marinho Gonçalves, Mario Alves, Nara Couto, Rafael Faustino, rodrigo de Odé, Sofia Tomic, Vagner Jesus, Vinícius Barros, Vinicius Bustani. Com a participação de Virgínia Rodrigues.

Música ao vivo: Caio Terra, Giovani Di Ganzá e Raiany Sinara.
Coordenação Técnica: André Boll e Giovanna Gonçalves
Direção de Palco: Elisete Jeremias